A – F
G – L
R – V

Mais perto quero estar, meu Deus, de Ti
Inda que seja a dor que me una a Ti
Sempre hei de suplicar
Mais perto quero estar
Meu Deus, de Ti!

Andando triste, aqui na solidão
Paz e descanso a mim Teus braços dão
Nas trevas vou sonhar
Mais perto quero estar
Meu Deus de Ti

Minh’alma cantará a Ti, Senhor!
E em Betel alçará padrão de amor
Eu sempre hei de rogar
Mais perto quero estar
Meu Deus, de Ti!

E quando Cristo, enfim, me vier chamar
Nos Céus com serafins irei morar
Então me alegrarei
Perto de Ti, meu Rei
Meu Deus, de Ti!

Eu sei que não estou sozinho
Que nesse meu caminho
Você vem comigo

Eu sei que apesar das tentações
E até mesmo provações jamais sou vencido

E na hora do perigo
Você está bem perto
Nos momentos mais incertos
Você é o Amigo certo

Quando tenho algum problema
Contigo eu converso
Tu és meu Deus, meu Salvador
O Dono do Universo

Contigo eu sou
Mais que vencedor
Nada pode me separar, Senhor
Do Teu Divino amor.

Maravilhoso é Cristo;
Incomparável sim!
Maravilhoso é Cristo;
Antes de tudo Ele é pra mim.
Maravilhoso é Cristo;
Quão grande é Seu amor!
Melhor amigo não tenho;
Tudo Ele é pra mim.

Quem vê meus olhos
Não sabe as lágrimas que derramei
Quem vê meus pés
Não sabe os espinhos que pisei
Se ouvir minha voz
Não sabe as vezes que eu me calei pra não sofrer

Quem vê minhas mãos
Não sabe as batalhas que travei
E o meu sorriso
Que, muitas vezes, eu o disfarcei
Por fora um livro
Com as marcas que a vida escreveu

E diante das coisas que eu não pude evitar
Eu encontrei abrigo até tudo passar
Na vida, tem um tempo pra sorrir e pra chorar
Mas em tudo eu vejo as mãos do meu Deus a me guardar

Meu passado é uma história
Meu futuro está sendo escrito por um Deus
Que cuida de mim com muito amor
Já passei por coisas da vida
Hoje eu quero as coisas de Deus
Eu vou viver o sobrenatural
Mesmo depois de tudo que passei

E diante das coisas que eu não pude evitar
Eu encontrei abrigo até tudo passar
Na vida, tem um tempo pra sorrir e pra chorar
Mas em tudo eu vejo as mãos do meu Deus a me, a me guardar

Meu passado é uma história
Meu futuro está sendo escrito por um Deus
Que cuida de mim com muito amor
Já passei por coisas da vida
Hoje eu quero as coisas de Deus
Eu vou viver o sobrenatural

Meu passado é uma história
Meu futuro está sendo escrito por um Deus
Que cuida de mim com muito amor
Já passei por coisas da vida
Hoje eu quero as coisas de Deus
Eu vou viver o sobrenatural
Mesmo depois de tudo que passei

Sozinho eu vivi e perdido em meu caminho
Procurei Teu abrigo, quando o mundo
Me abandonou
Me deste alegria, quando em mim só
Havia amargura
Me deste amor, quando ninguém queria me amar

E é por isso que eu Te amo, Cristo
E é por isso que eu Te amo, Senhor
Mudaste a minha vida e o meu coração
E uma nova criatura eu sou
Por isso, Senhor, eu Te louvo
E por isso Te adorarei
Me deste amor, quando ninguém queria me amar

Mudaste meu pranto
E o meu lamento em gozo
Todos os meus sonhos tornaram‑se realidade
Tu me olhaste com olhar de amor e ternura
Me deste amor
Quando ninguém queria me amar.

Me ensina a Te adorar Senhor
Buscar a Tua face
Eu quero Te render meu Pai
Adoração dos anjos

E vem purificar meu ser
Me lava em Tuas fontes
Me ensina a descer Senhor
Pra alcançar Teus montes

No coração Te ergo um altar
Incenso de louvor eu vim pra Te ofertar
Me invade a alma com a Tua luz
A honra e a glória a Ti Senhor Jesus.

Tenho ouvido só falar do Teu poder
Quanto tempo eu Te sirvo sem Te conhecer

Esse Deus desconhecido, de quem tanto ouço falar
Ele derrubou muralhas, esse Deus abriu o mar
Mas do que me adianta, com meus lábios Te adorar
Se a minha vida, ó Deus, não Te glorificar
Sei que o tempo não mudou a força do Teu poder
Deus eu sei que Tu és grande
E eu vim Te conhecer

Me faz Te conhecer, transforma a minha vida
Faz os meus olhos verem o que não viram ainda
Não quero informações, se materializa em mim, ó Deus
Quem não conhece a Deus recua na batalha
Mas quem conhece vai em frente, pois Ele não falha
Quem conhece ao Senhor
Na vida será sempre um vencedor.

Quem sou eu pra estar aqui
E Te dirigir a minha oração
Eu errei de Ti me afastei
Deixei-me enganar
Por meu próprio coração

Eu sei que não mereço
Meu pecado reconheço
Eu caí em tentação
Mas quero me levantar

Não quero mais errar, viver na ilusão
Quero recomeçar, ter novo coração
E nada vai mudar a minha decisão
Me entrego em Teu altar estou
Em Tuas mãos
Me perdoa.

Senhor esse meu jeito
Minhas falhas e defeitos
Eu vim pedir perdão
E Te dizer que fraco sou
Eu sei que não mereço
E isso reconheço
Ter sido alcançado pelo preço que pagou

Me viste ainda informe
E decidiste me amar
E mesmo já sabendo que eu poderia errar
Eu não tenho muita coisa
Mas eu tenho um coração
Que hoje decidi deixar
Completamente em Tuas mãos

Me rendo aos Teus pés
E anulo o que há em mim
Eu quero cada vez menos de mim
E mais de Ti
Preencha o que faltar
E fazes transbordar
Retira, Pai, de mim aquilo que não Te agradar

Toca-me Senhor
Muda quem eu sou
Quero ser melhor
E que em mim Tu sejas sempre o maior

E que cada passo meu
Seja guiado pelos Teus
Que o Senhor possa se agradar de mim
Que a minha atitude seja igual a do Senhor
E que tudo o que eu faça seja para o Teu louvor.

Ao Teu nome toda honra
E glória ao Senhor
Pois Tu és o Rei dos reis
Criador da Universal

Eu Te louvarei
Eu dou minha vida a Ti
Senhor, Te seguirei

Tu quebraste o meu jugo
Me livraste do inferno
Eu levanto a minha voz
Com louvor eternamente

Teu Espírito flui em mim
Como rios de águas vivas
Eu levanto as minhas mãos
Pro Teu trono, meu Senhor.

Na cruz morrendo, meu Redentor
Minhas maldades todas levou
Se O recebes, tens Seu amor
Pois teus pecados, Jesus perdoou

Quando Deus, o sangue vir
Que Jesus já verteu
Passará sem te ferir
No Egito assim sucedeu

Deus quer salvar ao vil malfeitor
Como promete, sempre fará
NEle confia, ó pecador
E pela fé vida nova terás

Breve se finda a tua luz
E no juízo tu vais entrar
Não te detenhas, vem a Jesus
Que teus pecados deseja apagar

Que maravilha, que grande amor!
Se hoje creres, salvo serás!
Cristo te chama, vem pecador
E gozo eterno no Céu fruirás.

Tu és o meu refúgio
Onde minha alma abriga
O Teu Espírito em mim
Derrama o Teu amor

Tu és minha luz
Meu Senhor Jesus
Toma o meu ser
Agora e aqui
Meu Senhor.

Meu Senhor, seguro em Ti
Eis-me aqui, eis-me aqui
Tuas mãos me erguendo estão
Com amor, com amor

No falar, falas por mim
No andar, andas por mim
No sorrir ou no chorar
Meu Senhor, meu Senhor
Seguro em Ti estou.

Logo de manhã quero Te buscar
Tua voz ouvir, Teu amor sentir
Estender as mãos para Te louvar
Derramar meu coração sobre o Teu altar

Pois Tu sabes bem
Tudo quanto há em mim
E vou Te seguir, e Te amar até o fim

E no fim do dia quando o sol se pôr
Te adorarei, Te darei louvor
Mesmo escura a noite, brilha a Tua luz
Em Teus braços eu descanso
Meu Senhor Jesus.

Pra eu fazer minha parte, Senhor
Tira o meu ego e põe Tua unção
Pra eu fazer o que te agrada, meu Pai
Põe Tua dor no meu coração

A todo o descrente, que eu leve a fé
Pra alma ferida, a Tua palavra
Mostrar aos que choram que tem solução
Põe Tua dor no meu coração

Aos rejeitados, que eu leve o amor
E aos perdidos, que eu mostre a saída
Aos pobres de espírito, a Tua luz
Brilhe em mim, Senhor Jesus

Eu quero amar como ele amou
Eu quero andar como Ele andou
Ser Seu discípulo e ter
O Seu caráter no viver

Eu quero amar como ele amou
Eu quero andar como Ele andou
Ser Seu discípulo e ver
Como Jesus me olhou.

Muda-me
Muda o meu coração
Quero ouvir Tua Voz
Entender Teu querer

Molda-me
Molda o meu coração
Como vaso nas mãos do oleiro

Dá-me um coração de carne
Tira o coração de pedra
Quero estar no centro da Tua vontade

Muda-me Senhor
Muda o meu coração
Molda-me Senhor
Troca o meu coração

Prostrado aos Teus pés
Me rendo, ó Pai
Cumpra em mim Teu querer
Muda meu ser.

Envolto em Tua presença
Quero me sentar aqui aos Teus pés
Envolto neste Santo Lugar
Não quero mais sair
Não vim por Tuas bênçãos
Tu não deves nada para mim
Mais do que Tu podes me prover
Jesus, eu quero a Ti

Perdoa quando fiz tudo no automático
Perdoa quando pra Ti me fiz cansado
Quero voltar lá no começo
Abro o meu coração a Ti

Perdoa quando vim com exigências
Perdoa quando esqueci que Tu me bastas
Quero voltar lá no começo
Abro o meu coração a Ti

Envolto em Tua presença
Quero me sentar aqui aos Teus pés
Envolto neste Santo Lugar
Não quero mais sair
Não vim por Tuas bênçãos
Tu não deves nada para mim
Mais do que Tu podes me prover
Jesus, eu quero a Ti

Eu quero a Ti
Nada mais, nada mais, nada mais aqui
Só quero a Ti
Nada mais, nada mais, nada mais aqui
Jesus eu quero a Ti
Nada mais, nada mais, nada mais aqui
Eu quero a Ti
Nada mais, nada mais, nada mais aqui
Eu quero a Ti

Nada me separa desse amor, nada vai
tirar Jesus de mim
Todo sofrimento acabou caminhando
vou com Jesus até o fim.
Sei que muito vou me alegrar por ter
este caminho a seguir.

Confesso que eu não vou deixar
E que nada vai tirar esse amor que
existe em mim

Eu andava pelas ruas da cidade
procurando essa tal felicidade
Pelos bares eu vivia, procurando a
alegria
Mas só encontrei maldade e quando
tudo ia chegando ao fim
No meu caminho brilhou uma luz.

E eu que era ovelha perdida
Hoje tenho nova vida, caminhando
com Jesus

Não há deus maior
Não há deus melhor
Não há deus tão grande
Como o nosso Deus

Criou o céu, criou a Terra
Criou o sol e as estrelas
Tudo Ele fez
Tudo criou
Tudo formou

Para o Seu louvor
Para o Seu
Para o Seu louvor.

Amanheceu
Nada pesquei
Parecia ser apenas mais um dia como qualquer outro
Estava cansado
Sem forças, desanimado
Decidida a largar tudo e parar

Deus conhece tua estrutura
Sabe o que está fazendo
Mesmo que seja difícil
Não pares, Ele está vendo
Colheu todas tuas lágrimas
E mandou a ti falar
Pegue o que Ele te entregou
E volte para o mar, que é o teu lugar

Quem mandou largar a rede?
Quem mandou você parar?
Volte para o mar alto
No lugar da tua vergonha Eu vou te honrar

Quem mandou largar a rede?
Quem mandou você parar?
Volte para o mar alto
No lugar da tua vergonha Eu vou te honrar
Filho, Eu vou te honrar

Deus conhece tua estrutura
Sabe o que está fazendo
Mesmo que seja difícil
Não pares, Ele está vendo
Colheu todas tuas lágrimas
E mandou a ti falar
Pegue o que Ele te entregou
E volte para o mar, que é o teu lugar

Quem mandou largar a rede?
Quem mandou você parar?
Volte para o mar alto
No lugar da tua vergonha Eu vou te honrar

Quem mandou largar a rede?
Quem mandou você parar?
Volte para o mar alto
No lugar da tua vergonha Eu vou te honrar
Filho, Eu vou te honrar

Ó, filho, a noite já passou
A tua hora chegou
Pegue a tua rede e volte para o mar
Vou te esperar no mar

Não é hora de parar
Deus contemplou seu caminhar
Eu sei, é difícil prosseguir
Quando tudo lhe faltar
Esse cenário vai mudar
A tua hora chegará
Há tempo pra tudo

Quem mandou largar a rede? (Quem mandou?)
Quem mandou você parar?
Volte para o mar alto
No lugar da tua vergonha Eu vou te honrar

Quem mandou largar a rede?
Quem mandou você parar?
Volte para o mar alto
No lugar da tua vergonha Eu vou te honrar
Filho, Eu vou te honrar

Mais perto de Jesus, procuro sempre eu chegar
Mais belo que o ouro do sol nado é a Ti mirar
Em pensamento, sonhos, tanta glória nunca vi
Pois Ele é mais belo do que eu jamais previ!

Não posso explicar
Quão meigo é Jesus
Mas, face a face, no Teu lar
Eu Te verei, Jesus!

A estrela resplendente da manhã é minha luz
O lírio dos vales é o bom Senhor Jesus
Suave e doce é o cheiro que só vem de Ti
Pois Ele é mais belo do que eu jamais previ!

Se mágoas vêm me perturbar, o bálsamo Ele tem
Me toma nos Seus braços e, assim, descanso bem
Na cruz levou Jesus o meu pecado sobre Si
Pois Ele é mais belo do que eu jamais previ!

Ninguém é tão perfeito que consiga
Fugir dos olhos vivos do Senhor
Que vê além do mais profundo abismo
E até segredos que eu nunca falei

Ele sabe cada um dos meus defeitos
O que faço, onde ando e quem procuro
Conhece o meu passado e o meu presente
E quer fazer feliz o meu futuro.

Eu luto é contra minha própria alma
A natureza humana que há em mim
Eu quero sepultar o velho homem
E andar em comunhão com Cristo
Viver, cantar só para Ele.
Morrer pro mudo e reviver pra Deus.

Senhor neste momento eu estou aqui
Vem me ouvir, pois tenho tanto pra contar
Por toda a minha vida eu Te procurei
E só aqui eu pude Te encontrar

São tantos os problemas que eu já passei
Que eu nem sei por onde posso começar
Perdoa pelas vezes que eu Te entristeci
Vem me estender a mão, vem me ajudar

Eu não tenho nenhum outro em minha vida
Eu não tenho mais ninguém por quem chamar
E é por isso meu Senhor que estou aqui
Vem me ouvir, me responder e me salvar.

De todas as provas que eu
Já passei
É bem difícil Senhor
A gente às vezes ouvir,
Acusações do vil tentador
Lembranças do passado vem
E querem me fazer parar
Ou mesmo palavras de alguém
Que não quer na gente acreditar
E quase parando sem forças e vigor
A gente lê a palavra
Encontra bastante poder
Pra vencer
E continuar a jornada
E ver que o passado ficou pra trás
Pois Cristo na cruz tudo já venceu
E saber que dele não lembra mais
Eu canto pra glória de Deus.

Nenhuma condenação há
Para quem está em Ti Jesus
Cuja vida coberta está
Pelo sangue que desceu na cruz
É certo que provas virão
Investidas do vil tentador
Mas….

Nenhuma condenação há
Para quem está em Ti
Querido Senhor.

Nesta noite feliz, neste santo lugar
Eu marquei um encontro com Deus
Seu amor é real, Sua paz eu gozarei
Eu marquei um encontro com Deus
Neste santo lugar de oração
Seu amor é real, Sua paz eu gozarei
Eu marquei um encontro com Deus

Basta que me toques, Senhor
Pra minh’alma cansada vencer
Se a noite escura está, Sua mão me guiará
Basta que me toques, Senhor.

Nada é igual ao Seu redor
Tudo se faz no Seu olhar
Todo o universo se formou no Seu falar
Teologia pra explicar
Ou Big Bang pra disfarçar
Pode alguém até duvidar
Sei que há um Deus a me guardar

E eu, tão pequeno e frágil, querendo Sua atenção
No silêncio encontro resposta certa, então

Dono de toda ciência, sabedoria e poder
Oh, dá-me de beber da água da fonte da vida
Antes que o haja houvesse
Ele já era Deus
Se revelou ao seus
Do crente ao ateu
Ninguém explica Deus

Nada é igual ao Seu redor
Tudo se faz no Seu olhar
O universo se formou no Seu falar
Teologia pra explicar
Ou Big Bang pra disfarçar
Pode alguém até duvidar
Sei que há um Deus a me guardar

E eu, tão pequeno e frágil, querendo Sua atenção
No silêncio encontro resposta certa, então

Dono de toda ciência, sabedoria e poder
Oh, dá-me de beber da água da fonte da vida
Antes que o haja houvesse
Ele já era Deus
Se revelou ao seus
Do gentio ao judeu
Ninguém explica Deus

Ninguém explica
Ninguém explica Deus
Ninguém explica
Ninguém explica Deus

E se duvida ou se acredita
Ninguém explica
Ninguém explica Deus
Ninguém explica
Ninguém explica Deus

Ninguém explica
Ninguém explica Deus
E se duvida ou se acredita
Ninguém explica
Ninguém explica Deus

Dono de toda ciência, sabedoria e poder
Oh, dá-me de beber da água da fonte da vida
Antes que o haja houvesse
Ele já era Deus
Se revelou ao seus
Do crente ao ateu
Ninguém explica Deus

Ninguém explica Deus.

Jesus, eu almejo a pureza do céu,
Tua linda presença no coração meu
Os ídolos quebro, me toma Jesus;
Ó dá-me a pureza da nívea luz.

Nívea luz, a nívea luz,
Ó dá-me a pureza da nívea luz.

Jesus, me acode enquanto lidar,
A colocar tudo no santo altar;
A Ti me entrego; nas chamas me pus;
Ó dá-me a pureza da nívea luz!

Jesus, com instância, humilde, roguei
Que o sangue perfeito pureza me dê;
Me lava na fonte aberta na cruz
Ó dá-me a pureza da nívea luz!

Jesus, neste instante, espero a mão
Que há de criar-me o bom coração;
Aqueles que o Espírito pedem de Deus,
Dás sempre a pureza da nívea luz!

No fundo do poço Você me encontrou
Já quase sem vida
De porta em porta sem ter esperança
Sem ter mais saída
Cansado da vida, cansado de tudo
Nem lágrimas tinha pra poder chorar
Meus olhos secaram, meus pés se cansaram
Do meu caminhar

No fundo do poço, já quase sem rumo
Buscava um abrigo
Um colo quentinho, um afago
Um carinho, a mão de um amigo
Clamei o Teu nome
Com as forças que eu tinha
Abri os meus olhos e vi Tua luz
Do fundo do poço Você me tirou
Meu Senhor Jesus

Contigo, meu Senhor, não há o que temer
Não há por que chorar, não há por que sofrer
És minha adoração, razão do meu viver
Me deixa ser só de Você
A mão que me salvou, te salvará também
A luz que me curou, vai te curar também
Te amo, meu Jesus, aceite o meu louvor
Eu quero ser de Ti, Senhor, eu quero ser de Ti, Senhor.

Tu consegues ver, dentro do meu coração
Mesmo antes de eu falar, Tu já sabes responder
Quem pode chorar, as lágrimas do meu sofrer
Do Teu lado eu quero estar, se for preciso tudo arriscar

Sacrifico o meu eu por Ti, levanto um altar pra Ti
Nos montes de Sião, nos montes do meu coração
Quando as forças do meu corpo se entregarem
Eu me jogarei, no aperto dos Teus braços estarei

Nos montes do meu coração
Existe uma batalha a ser vencida, e eu lutarei
Nos montes do meu coração
Não desistirei até o fim, e eu vencerei
Bem lá no alto do meu coração

O fogo que apago, a cinza que restou
Nos campos do meu ser, batalhas a vencer
Olho para o céu, o Sol apareceu
Vejo a Sua luz, pelos vales a se espalhar

Sacrifico o meu eu por Ti…

Nosso Deus é soberano
Ele reina antes da fundação do mundo

A Terra era sem forma e vazia
E o Espirito do nosso Deus
Se movia sobre a face das águas

Foi Ele quem criou o céu dos céus
Fez separação das águas
E da terra seca

Foi Ele quem criou o universo
Que criou a natureza
E formou o homem

Glória a Deus por Suas maravilhas
Pelas Suas grandezas
Glória a Deus.

Se a vida que você está vivendo agora
Não é aquela que um dia tanto desejou
Se até aqui pra você nada deu certo
Não se desespere: Jesus Cristo é o Senhor

O nosso Deus nunca falhou
E as promessas que Ele fez estão de pé
Eu sei que o Seu nome é “já”
Determine a vitória neste momento nesta hora
Pela sua fé, sua fé

Eu conheço um grande Deus e o poder que Ele tem
O que Ele fez por mim fará por você também
É só pedir com fé e nEle confiar
Que a resposta, com certeza, vai chegar.

Senhor tivemos um sonho de compor uma canção
Que voe pelo ar e venha pousar
Como uma língua de fogo
Em quem veio Te buscar

Queremos ser a terra que o Senhor semeia o trigo
A fonte de Águas Vivas, de onde nascem os rios
Nos reveste neste canto como fazes aos lírios do campo

Ó fogo que vem do céu, vem e arde dentro de mim
Como a sarça do deserto, vai queimando sem ter fim
Eis que tudo se faz novo e voltamos ao início
Cordeiros consagrados para ser Teu sacrifício
Como o filho pede o pão, nossa humilde oração
Derrama, Senhor, neste canto, a unção do Espírito Santo.

O Amigo que eu encontrei me surpreendeu
Quando todos me deixaram Ele me acolheu
E sarou minhas feridas
Das algemas me livrou
Lhe falei do meu dilema
E Ele me escutou

Lhe falei do meu passado e me perdoou
Isso teve um alto preço que Ele já pagou
Me mostrou as mãos feridas
Por amor de muitas vidas
E uma dessas muitas vidas era eu

Quem neste mundo amor tão grande pode ter
De entregar a própria vida sem temer
Quem já sentiu a dor de ser cravado em uma cruz
Pagando pelos erros que não cometeu
E olhar nos olhos de quem tanto mal lhe fez
E sem ressentimento oferecer perdão
Quem pode ser melhor amigo que um Senhor
Que pelo servo a própria vida renunciou.

Quão bondoso Amigo é Cristo!
Carregou com a nossa dor
E nos manda que levemos
Os cuidados ao Senhor
Falta ao coração dorido
Gozo, paz, consolação?
Isso é porque não levamos
Tudo a Deus em oração

Tu estás fraco e carregado
De cuidados e temor?
A Jesus, refúgio eterno
Vai com fé teu mal expor!
Teus amigos te desprezam?
Conta-Lhe isso em oração
E com Seu amor tão terno
Paz terás no coração

Cristo é verdadeiro Amigo
Disto provas nos mostrou
Quando pra levar Consigo
O culpado encarnou
Derramou Seu sangue puro
Nossa mancha pra lavar
Gozo em vida e no futuro
NEle podemos alcançar.

O mundo me deu flores quando lá cheguei
Todos os prazeres lá eu encontrei
Não pude ver os laços
E quantos embaraços me esperavam
E me entreguei
Um dia eu acordei sem paz
Meu coração jogado à própria sorte e à solidão
Lembrando do meu Pai
E a dor no Seu olhar quando eu parti
E resolvi voltar
E aos Seus pés me humilhar dizendo:

Senhor
Não mereço Teu perdão
Como o Teu servo mais humilde quero ser
Teu amor, só agora percebi
É a riqueza que de todas mais preciso ter
Com ternura me abraçou
Os meu erros esqueceu
E em festa meu regresso anunciou
Quem no mundo pode dar
Sem recompensa esperar
Uma tão marcante prova de amor.

O grande amor do Senhor nunca cessa
Suas misericórdias não chegam ao fim
Se renovam todo dia, a cada manhã

Fiel e grande és Tu Senhor
Fiel e grande és Tu Senhor.

Não perturbeis o coração
Porque Eu sempre sou fiel
Eu fecho a boca do “leão”
Na cova estou com Daniel

Sou Eu aquele o grande “EU SOU”
E onde estais, também estou
Não disse, Eu, há muito já:
“Pedi, pedi… Dar-se-vos-á”?
Pedi com fé e com fervor
E vos darei o Consolador

Quem tem a fé de Abraão
O mundo sempre há de vencer
Quem quer ter firme o coração
Precisa igualmente crer

Um terremoto e vento, após
Do céu, um fogo e mui furor
Ouviu Elias a Minha voz
Voz do Eterno, voz de amor

Um certo dia, Estevão viu
O céu aberto e viu-Me a Mim
Apedrejado, sucumbiu
Mas foi fiel até o fim

Firmado em Mim, Rocha Eternal
Assim jamais o crente cai
Buscai o dom celestial
Que vem da casa de Meu Pai.

O homem que ouve a Palavra de Deus
É como aquele que sobre a rocha edificou
Caíram as chuvas e o rio transbordou
Soprou o vento e enfureceu
Mas ele firme sobre a rocha permaneceu

E aquele que ouviu a Palavra de Deus
Mas não viveu
Sobre a areia construiu
E sua vida destruiu.

Eu sei, posso passar muitas provações
Mas nada me fará deixar de crer em Ti
Pois em Tuas promessas eu estou seguro
E nesta fé eu sei que vou vencer

Eu nunca vi um justo desamparado ser
Nem sua descendência a mendigar o pão
Eu nunca vi alguém que confiou em Ti
E não viu manifestar o Teu poder

Quem em Ti confia não se abala
Olha para o alto e crê no Teu poder
Nesta confiança sou um vencedor
Como os montes de Sião eu vou permanecer.

Ah! se meu povo me escutasse, e me servisse com integridade
Eu abriria a janela do céu e lhe daria o trigo mais fino
Ah! se meu povo que me adora me adorasse acima de tudo
Com mel puro da rocha o sustentaria

A palavra de Deus é fiel e jamais ela volta vazia
Se eu honrar e bendizer ao meu senhor obedecer
Eu comerei do melhor desta terra
A palavra de Deus é fiel e jamais ela volta vazia
Se eu honrar e bendizer ao meu senhor obedecer
Eu comerei do melhor desta terra

Ah! se meu povo me escutasse, e me servisse com integridade
Eu abriria a janela do céu e lhe daria o trigo mais fino
Ah! se meu povo que me adora me adorasse acima de tudo
Com mel puro da rocha o sustentaria

A palavra de Deus é fiel e jamais ela volta vazia
Se eu honrar e bendizer ao meu senhor obedecer
Eu comerei do melhor desta terra
A palavra de Deus é fiel e jamais ela volta vazia
Se eu honrar e bendizer ao meu senhor obedecer
Eu comerei do melhor desta terra.

Qual o nome que você costuma chamar
Quando as lágrimas inundam teu olhar
Qual o nome que você grita com poder
Quando o inimigo ataca você

Não é Paulo, nem João
Nem Davi e nem Sansão
Nem Isaque e nem Jacó
Nem Moisés, nem Abraão
Não, não é, o nome é Jesus
O nome é Jesus

Qual o nome que você encontrou a paz
Onde a esperança cresce mais e mais
Qual o nome que te dá confiança e fé
Pra vencer o mundo e mesmo a morte até

Não é Pedro, não é Daniel
Nem Maria e nem Isabel
Não é Jó, não é José
Nem Abel e nem Noé
Não, não é,
O nome é Jesus

Qual o nome que você vai pronunciar
Pelos séculos dos séculos sem parar
Neste mundo ou além, este nome traz o bem
Este nome é vida plena para sempre, Amém.

Olha o novo Israel
Pela fé descendente de Abraão
Um povo remido na Terra
Eleito pra morar em Sião

Olho e vejo milhões
Crianças, jovens e anciãos
Todos cantando em coro
Os acordes de uma nova canção

Dos quatro cantos da Terra
Vêm surgindo os batalhões
O novo Israel vem cantando
Louvando o Salvador

Em breve Jesus voltará
E o novo Israel subirá
A jornada foi longa e difícil
Mas com Cristo Israel reinará.

O mercado está vazio, seu trabalho já parou
O martelo dos obreiros, seu barulho já cessou
Os ceifeiros lá no campo, terminaram seu labor
Toda a Terra está em suspense
É a volta do Senhor

O Rei está voltando, o Rei está voltando
As trombetas estão soando
O Seu nome a chamar
Sim, o Rei está voltando
O Rei está voltando
Aleluia, Ele vem me buscar

Os vagões de trens vazios, passam ruas e quarteirões
Aviões sem seus pilotos, voam para destruição
A cidade está deserta, sua agitação parou
Sai a última notícia
Jesus Cristo já voltou

Vejo a multidão subindo, ouço coros celestiais
Todo o céu está se abrindo, num bem-vindo sem igual
Como o som de muitas águas, nós ouvimos entoar
Aleluia ao Cordeiro
Nós voltamos para o Lar.

O Senhor da ceifa está chamando:
“Quem quer ir por Mim a procurar
Almas que no mundo vão chorando
Sem da salvação participar?”

Fala, Deus! Fala, Deus!
Toca‑me com brasa do altar
Fala, Deus! Fala, Deus!
Sim, alegre atendo ao Teu mandar

O profeta a Deus se aproximando
Considera‑se um pecador
Mas o fogo santo o queimando
Torna‑o útil para seu Senhor

Muitos são os que vão expirando
Sem ter esperança de ver Deus
Vai depressa lhes anunciando
Que Jesus os leva para os Céus

Breve os trabalhos serão findos
Bênçãos vão os servos desfrutar
E Jesus os saudará: “Bem‑vindos”
Esta glória espero alcançar.

Você lembra quando foi
Que o Senhor o separou
Dentre todos os amigos
Dentre os entes mais queridos?

E lhe encheu a alma toda
De paixão tão desmedida
Pelas almas, pelas vidas
Que não sabem pra onde vão?

Mas o tempo foi passando
E a paixão se esfriou…
Ó, meu Senhor
Responda-me: Por quê?

Você precisa ser obreiro aprovado
E não ser acusado por ninguém
Andar como Meu Filho andou
E amar com genuíno amor
Que Eu lhe dei. Mas…
Se Me buscar na Palavra
De coração na Palavra
Eu dou-lhe Minha Palavra
Me achará, e aprovado será.

Longe do Senhor, andava
No caminho de horror
Por Jesus não perguntava
Nem queria o Seu amor

Oh! Por que Jesus me ama?
Eu não posso t’explicar!
Mas a ti também te chama
Pois deseja te salvar!

No juízo não pensava
Nem na minha perdição
Nem minh’alma desejava
A eterna salvação

Já cansado do pecado
Fui aos pés do Salvador
E ali caiu o fardo
De tristezas e de dor

Como é maravilhoso
Pertencer ao meu Jesus!
Ter a graça, o repouso
E ficar ao pé da cruz!

Oh! Que doce paz
Em minh’alma se faz
Quando estou orando ao Senhor
Vejo-O bem junto a mim
Neste lindo jardim
A presença do meu Salvador

Canto em meu coração
Uma linda canção
Que transborda de glória, aleluia
Quem me dera ficar
Para sempre assim
Com Jesus, neste lindo jardim

Se eu tivesse a palavra
Capaz de explicar
Quão glorioso é o amor de Deus

Só provando o maná
É que podes cantar
Glória a Deus, glória a Deus
Aleluia.

Oh! Que prazer é descansar na força dos Teus braços
É Te encontrar em tudo que eu faço
É perceber que estás comigo aqui

Oh! Que prazer é ser o templo do Espírito Santo
É Te adorar com salmos e com cânticos
Ouvir Tua voz, provar do Teu poder

Oh! Que prazer é descobrir que andas ao meu lado
Sentir Tua mão por toda caminhada
Olhando sempre na direção do Céu

Oh! Que prazer é ser o templo…

Pai tenha compaixão de nós
Na hora da nossa dor
Cobre-nos com Teu amor
E acalma a nossa alma ao som da Tua voz

Pai lembra que nós somos pó
Nos perdoa, tenha dó
Fala ao nosso coração
Segura a nossa mão e não nos deixe só

Porque sem Ti a nossa vida, já não faz sentido
Ficamos como um rio seco, um coração partido
Derrama a Tua graça agora
E consola meu irmão que chora

Pai lembra que nós somos pó
Nos perdoa, tenha dó
Fala ao nosso coração
Segura a nossa mão e não nos deixe só.

Finda-se este dia que meu Pai me deu
Sombras vespertinas cobrem já o céu
Ó Jesus bendito, se comigo estás
Eu não temo a noite, vou dormir em paz

Com os meus pecados eu Te entristeci
Mas perdão Te peço por amor de Ti
Sou humano e fraco, livra-me do mal
E em sossego tenho sono e paz real

Guarda o marinheiro no violento mar
E ao que sofre dores queiras confortar
Ao tentado estende Tua mão, Senhor
Manda ao triste e aflito Teu Consolador

Pelos pais e amigos, pela santa Lei
Pelo amor Divino graças Te darei
Ó Jesus, aceita minha petição
E seguro durmo sem perturbação.

Com uma dor no coração, com uma enorme solidão
Estou aqui pra Lhe falar
De tudo que eu tenho passado
O quanto eu tenho chorado, por tudo que vem me assolar
Eu me humilho em Teu Altar, Senhor Jesus vem me ajudar
Eu já não sei o que fazer
Mas eu me rendo aos Teus Pés e Te imploro com Tua Mão
Vem me erguer.

Me levantar do lamaçal, me libertar da solidão
Que está dentro de mim
Como uma criança sem ter casa, como perdido na sarjeta
Senhor estou aqui
Oh, Pai, preciso de ajuda, e se o Senhor não me ouvir
O que será de mim?
Mas creio que hoje acho saída e que de Ti recebo Vida
Pra sempre prosseguir

Abraça-me, Oh Deus, eu sei sou pecador
Mas quero ser só Teu
Me usa em Teu favor.

Pra que tentar mostrar aquilo que não sou
Se Tu conheces todo o meu pensar
E esquadrinhas o meu coração?

Em vão seria se eu tentasse Te enganar
Mas com sinceridade vou falar
Da minha verdadeira condição

Eu sou um pecador em busca de perdão
Lutando contra o próprio coração
O meu maior desejo é Te encontrar
Vem me tocar, não posso mais viver longe de Ti
Senhor. por isso eu digo: eis-me aqui
Não viva eu, mas vem viver em mim

Depois de tantas lutas, dores e sofrimentos
Diante de tantos fracassos, lutando contra o tempo
Cercado por todos os lados sem ter um rumo certo
Já não há motivos pra sorrir, só tem havido pranto

Senhor meu Deus, meu Pai
Ouça agora a minha oração
Responda, ó meu Pai
Só Tu podes compreender-me

Já bati em muitas portas e a resposta não me veio
E agora clamo a Ti, pois Tu és verdadeiro
A vida está sem sentido, não compreendo mais nada
Senhor, venha ajudar-me nessa longa caminhada
Ó Deus, quanto eu preciso de uma resposta Sua
Inclina os Seus ouvidos e responda-me agora

Ó Deus, quanto eu sofri tentando achar um rumo certo
Busquei tão longe Aquele que esteve sempre tão perto
Agora estou feliz, pois enxugas-Te o meu pranto
Senhor, recebo de Ti forças e me levanto
Meu Deus, sinto um alívio dentro da minh’alma
E tenho certeza que agora muda toda a minha história
“Vinde a mim todos os cansados que Eu vos aliviarei”
Assim diz a Tua Palavra, Senhor e grande Rei.

Eu vim aqui
Pedir perdão a Deus
Eu sou aquela ovelha
Que um dia se perdeu
Alma ferida
Sofri tanto nessa vida
De todo o coração
Eu vim pedir perdão, meu Deus

Nas noites frias da minha solidão
Eu lembrava das manhãs na casa do Senhor
Eu tinha paz, tanta calma em minha alma
Com as palavras tão bonitas que dizia meu pastor

Hoje voltei
Pra dizer toda a verdade
Estava morrendo de saudade
Do meu Pai, dos meus irmãos

Por onde andei
Não achei felicidade
Ó Senhor tem piedade
Me aceita outra vez

Fui enganado, me perdi completamente
A gente infelizmente só aprende pela dor
Senhor ajuda esta ovelha perdida
Que aprendeu no sofrimento, só Jesus
É o Caminho, a Verdade e a Vida.

Pai de amor gosto tanto de Ti
Pai de amor gosto tanto de Ti
Te amo, Te quero
E prostrado Te adoro
Pai de amor, gosto tanto de Ti

Meu Jesus amoroso Tu és
Meu Jesus amoroso Tu és

Minh’alma já limpaste
E o Espírito enviaste
Meu Jesus amoroso Tu és

Santo Espírito Consolador
Santo Espírito Consolador

Tu nos santifica
E em nós sempre habitas
Santo Espírito Consolador.

Cristo levou sobre Si as nossas dores
Ele levou sobre Si as nossas transgressões
O castigo que nos traz a paz
Estava sobre Ele
E por Suas chagas fomos sarados

Ele tomou sobre Si as nossas maldições
Ele sofreu para que tivéssemos perdão
O Seu sangue derramou
para nos resgatar das trevas
E nos lavar de toda iniquidade

Jesus, Pão da vida
Jesus, Luz do mundo
Príncipe da paz
Maravilhoso, Conselheiro
Fonte de eternidade e amor

Jesus, Deus Emanuel
Jesus, Santo dos santos
Árvore da vida
Rio que brota do trono de Deus
Alegria profunda no meu coração
Receba a adoração
Jesus, és digno de louvor.

Pela manhã eu Te contemplo
Abro os meus lábios para Te exaltar
O Teu nome mora em mim
E o Teu Espírito eu louvarei
Em minha alma flui um rio
Dos meus olhos correm lágrimas
Eu Te louvarei, Te exaltarei
Ó meu grande Deus.

Espírito, Espírito
Eu estou aqui
Vem me abraçar
Vem me envolver
Com todo o Teu amor.

Pensando bem
Só a presença de Jesus na minha vida
Justifica tanta coisa sem saída
É a realidade que eu não posso me afastar
Sua presença me encoraja, me anima todo dia
Sem Jesus Cristo eu não sei o que seria
Um vivo morto sem poder me levantar

Não… Não me deixe. Não me deixe sozinho
Nem por um minuto, por favor
Não… Não me deixe. A minha alma chora
Grita, implora não me deixe Senhor

Só Tu me entendes e não me censuras
Embora eu sei que Te aborreço
Mas eu Te peço, por favor, meu Deus esqueça
As muitas falhas que cometo contra Ti
Se for preciso, me exorta, fala comigo estou ouvindo
Fala comigo acordado ou dormindo
Ou aqui mesmo se quiseres quero ouvir

Estou contigo, ora não temas
Te encorajas, vá em frente
É a presença que eu anelo tão somente
Não há barreiras que não possa ultrapassar
Mas se estou fraco
Ó me esconde em Tuas asas bem seguras
Me agasalha em Seu manto de ternura e
Me transporta como o vento sobre o mar.

Ela veio movida na força
Do amor de seu coração
Sem ser convidada entrou
Na casa de Simão
Na mão um vaso de mármore
E os olhos molhados de lágrimas
Para entrar na história do amor
Trazendo o perfume
Pra ungir o nosso Senhor

Horas mais tarde
O Senhor
Foi levado àquela cruz
Havia tantas feridas
E ninguém pra ajudar
Mas o vento daquela tarde fria
Soprando em toda colina
Trazia espalhando no ar
O perfume de amor
Derramado
Em nosso Senhor

Na perseguição que a Universal
Sofre em todo lugar
Na dor de ver o seu líder
Levado à prisão
Na força que existe
Entre nós

Na fé que nos põe de pé
Na união que faz todos irmãos
Ainda existe
Aquele perfume
Espalhado no ar

No gesto dos
Nossos pastores
Que deixam tudo e vão
Levados no vento
Pra onde Deus mandar
Na Palavra pregada
Ao que sofre
Na fé que cura o enfermo
Na oferta trazida ao altar
Ainda existe
Aquele perfume espalhado no ar

Que a Tua igreja Senhor
Seja sempre
Esse perfume
Que o vento do Teu Espírito
Há de espalhar
E ainda que em lutas
E perseguições
A vida tenhamos que dar
Com certeza para
Sempre estará
Aquele perfume de amor
Espalhado no ar
O perfume Universal
Que nunca vai acabar.

Jesus fez a promessa
Conosco estaria até o fim
Os sinais seguiriam
A todos que cressem Ele falou assim
Caem os montes e os homens, mas Sua promessa
Sempre está de pé
Ele nos tem provado que Deus não mudou
Poderoso Ele é

Poderoso Ele é
E em nada mudou
NEle está minha fé
Poderoso Ele é

Ele deu vista aos cegos
E os oprimidos Ele libertou
Com cinco pães e dois peixes
A mais de cinco mil Ele alimentou
Operou na Judéia, em Cafarnaum
E em Nazaré
Continua operando aqui no Brasil
Poderoso Ele é.

Senhor, eu sei que é Teu este lugar
Todos querem Te adorar, tomar a Tua direção
Vem, ó Santo Espírito, os espaços preencher
Reverência à Tua voz vamos fazer

Podes reinar Senhor Jesus, ó, sim
Teu poder Teu povo sentirá
Que bom saber, Senhor,
Que estás presente aqui
Reina Senhor neste lugar

Contempla a cada irmão, ó meu Senhor,
Dá-lhes paz interior e razão pra Te louvar
Desfaz toda a tristeza, incerteza e dissabor
Glorifica o Teu nome, ó meu Senhor.

Oh! Meu Deus
Meu Deus
Sei que estás aqui neste lugar
Tenho vontade de chorar

Vou levantar a voz
E louvar a Ti, Senhor, meu Deus
E enquanto eu viver
Vou louvar a Ti, Senhor, meu Deus
Grande é o Teu poder

Quando oro, de joelhos
Vejo em meu ser nascer
Nova vida, que vem de Ti
Oh! Meu Senhor!

Porque a Mim se apegou
Eu o livrarei
O salvarei porque
Conhece o Meu nome

Ele me invocará
Eu o responderei
Na angústia estarei
Livrarei e o glorificarei

Saciá‑lo‑ei com longevidade
E lhe mostrarei a Minha salvação.

Deus enviou Seu Filho amado
Pra me salvar e perdoar
Na cruz morreu por meus pecados
Mas ressurgiu e agora sei que vivo está

Porque Ele vive, posso crer no amanhã
Porque Ele vive, temor não há
Mas eu bem sei, eu sei, que a minha vida
Está nas mãos do meu Jesus, que vivo está

E quando, enfim, chegar a hora
Em que a morte enfrentarei
Sem medo, então, terei vitória
Verei na glória, o meu Jesus que vivo está.

Perguntas tu por que não deixo de cantar
Porque procuro sempre meu Jesus louvar
Pois cheio está até pra transbordar
Meu coração, meu coração

A melodia de amor está no coração
Pois alcancei eterna e plena salvação
De coração, portanto, eu cantarei a Deus
De coração, de coração

Talvez uns cantem para as mágoas acalmar
Há uns que cantam para os outros alegrar
Mas se eu canto é para Deus louvar
De coração, de coração

Talvez a língua eu não saiba manejar
Provando aos homens
Que Jesus há de voltar
Mas isso eu sei que não irá tardar
De coração, de coração

A hora que Jesus há de voltar, não sei
Porém eu sei nas nuvens encontrá-Lo-ei
Com gozo santo vibrará então
Meu coração, meu coração.

Ontem deixou sua casa e saiu pelo mundo
De coração lá no fundo eu não entendi
Tudo o que fiz o que ele quis
Meus braços abertos ficaram
E ainda estão e assim vão continuar
Até um dia vê-lo regressar

Posso pensar no que o mundo lhe tem preparado
Sei privações, tem passado e tudo por que
Falsos amigos por aí,
Conselhos vazios, mas cheios
De palavras vãs, que grande ilusão
Mentiram ao seu jovem coração

Mas nunca é tarde não, sai da escuridão
Há um novo dia, nova manhã
A mesma casa tem, portas abertas
Pessoas certas, amigos e irmãos

Parece sonho, mas nem a distância me engana
O coração de quem ama não pode esquecer
Seus passos fracos, tropeções
Seus olhos rebrilham e choram
Pai, eu sei que errei, mas vim para acertar
Permita-me de novo aqui ficar.

Pai, só lamento porque onde passei via muitos
Filhos sem rumo, sem teto e carentes de amor.
Que o Senhor lhes dê a mão, lhes mostre de novo
o caminho,
Para um renascer, um novo proceder,
Na mais perfeita e bela comunhão.

Nunca é tarde, não, sai da escuridão,
Há um novo dia, nova manhã.
A mesma casa tem portas abertas, pessoas certas,
Amigos e irmãos.

Posso entrar, no santo lugar
E contemplar Seu rosto a brilhar
Pelo sangue, pelo véu, Oh! sim
Rasgado na cruz onde Ele morreu por mim
O incensário, moverei e com louvores
Adorarei
Ministrarei ao meu Senhor
Ofertas espirituais.

Ó Meu Deus, é tão bom estar
Aqui neste momento
Te buscando e sentindo o Teu poder
Operando em nós o novo nascimento
E mostrando-nos qual é o Teu querer

Ó meu Deus, não há
Como explicar este momento
Em que sinto
Tua presença a me envolver
Nasce em meu peito um arrependimento
E o desejo de entregar todo o meu ser

Ó meu Deus, derrama
O Teu Espírito agora
Inunda o coração
De quem está a Te buscar
Passeia em nosso meio, manda a tristeza embora
Pra sempre quero te adorar

Pra sempre, Pra sempre
Pra sempre quero te adorar.

Quando por Ti eu gritei
Estava tão sozinho
Pois em vão
Buscara no mundo
Compreensão e paz
No coração

Depois de muito chorar
Depois de muito penar
Descobri que só com Jesus
Teria amor
Paz e compreensão

Em Ti, Senhor, me apeguei
Em Ti, Senhor, me abriguei
Para sempre
Meu Jesus, Te louvarei
Em Ti, Senhor, me apeguei
Em Ti, Senhor, me abriguei
Para sempre
Meu Jesus, Te amarei

Foi então ao renascer
Que pude
Pra sempre entender
Que havia um poderoso Ser
Que causou
A renovação do meu viver.

Vem, Espírito Santo
Vem me tocar, vem me abraçar
Tua presença é tudo que eu preciso
Meu precioso Amigo
Pra Te adorar levanto as minhas mãos

Entrego a Ti meu coração
E mesmo sendo falho me amas, me amas
E mesmo eu nada tendo me amas, me amas

Jesus por amor se entregou naquela cruz
Carregou um grande peso em meu lugar
E levou sobre si a minha dor
Jesus por amor se entregou naquela cruz
Carregou um grande peso em meu lugar
E levou sobre si a minha dor

Jesus! Jesus!
Nome precioso
Jesus! Jesus!
Nome precioso

Jesus por amor se entregou naquela cruz
Carregou um grande peso em meu lugar
E levou sobre si a minha dor
Jesus por amor se entregou naquela cruz
Carregou um grande peso em meu lugar
E levou sobre si a minha dor

Jesus! Jesus!
Nome precioso
Jesus! Jesus!
Nome precioso

Jesus! Jesus!
Nome precioso
Jesus! Jesus!
Nome precioso.

Preciso de Ti
Preciso do Teu perdão
Preciso de Ti
Quebranta meu coração
Como a corsa
Anseia por águas
Assim tenho sede
Como terra seca
Assim é minh’alma
Preciso de Ti

Distante de Ti, Senhor
Não posso viver
Não vale a pena existir…
Escuta o meu clamor
Mais que o ar que eu respiro

Preciso de Ti!

No posso esquecer
O que fizeste por mim
Como alto o céu
Tua misericrdia sem fim
Como um pai
Se compadece dos filhos
Assim Tu me amas

Afasta as minhas transgressões
Preciso de Ti

E as lutas vem tentando
Me afastar de Ti

Frieza e escuridão
Procuram me cegar
Mas eu no vou desistir
Ajuda-me, Senhor
Eu quero permanecer
Contigo até o fim.

Quero sentir o Teu amor
Tão grande
Iluminar com a Tua luz
Divina
E mergulhar de corpo,
alma e espírito
Nessa Tua fonte, oh meu Senhor.
Quero matar a sede da minh’alma
Meu coração está amargurado,
Atribulado pela vida triste
Que tenho aqui levado, oh meu Senhor

Oh vem, meu Redentor
Tira esta minha dor,
Unção do Teu poder
Derrama em minha vida.
Oh meu Senhor Jesus,
Quero Te conhecer,
Morrer pra este mundo,
Preciso renascer.

Quero voltar
Ao início de tudo
Encontrar-me Contigo, Senhor
Quero rever meus conceitos e valores
Eu quero reconstruir

Vou regressar ao caminho
Vou ver as primeiras obras, Senhor
Eu me arrependo, Senhor
Me arrependo, Senhor
Me arrependo, Senhor.

Eu quero voltar
Ao primeiro amor
Ao primeiro amor
Eu quero voltar a Deus

Vou voar em direção ao Céu de Cristo
Isto foi Ele mesmo quem me prometeu
Vou voar pouco tempo aqui me resta
A minha alma está com pressa
Sim com pressa de no Céu chegar

Vou voar em direção ao Céu de gozo
Repouso para sempre ali eu terei
Vou voar como voam os santos anjos
Serafins também arcanjos
Maravilhas ali desfrutarei

Vou voar nas asas do vento na hora
E no tempo em que Deus me chamar
Vou voar quem dera fosse agora
Subir para a glória onde meu Deus está.

Quando eu cheguei aqui
Nem palavras tinha pra dizer
O mundo desabando em mim
Nem razão eu tinha pra viver

Mas na hora da oração
Um milagre aconteceu aqui
Eu vi tudo mudar
Jesus tocou em mim

Quando eu cheguei aqui
Com a alma abatida, uma fera ferida
Recebi um novo coração, nova vida

Quando eu cheguei aqui
Eu era tão carente, um farrapo de gente
Aprendi usar a minha fé
Hoje eu ando na frente.

A minh’alma estava longe
do caminho de Deus
Eu era cego e desprezível pecador
Mas Jesus já transformou
Minhas trevas em luz
Quando Ele estendeu a Sua mão para mim

Quando Jesus estendeu a Sua mão
Quando Ele estendeu a Sua mão para mim
Eu era cego e perdido, sem Deus e sem Jesus
Quando Ele estendeu a Sua mão para mim

Agora me regozijo desde que O aceitei
E na tempestade eu posso sossegar
Pois com Ele estou liberto
Do perigo e do mal
Quando Ele estendeu a Sua mão para mim.

Sopra Espírito, levanta os caídos
Restaura as feridas, dores antigas, vem pra curar
Sopra Espírito, trazendo vida
Junta os pedaços, já ouço o ruído do Teu agir

Faz levantar do vale, põe de pé os ossos secos
Com teu poder vem restaurar
Da multidão de caídos, faz, Senhor, um povo forte
Marchar sobre a Terra, quando o vento soprar

Quando o vento soprar, tudo vai se mover
Tudo volta ao lugar, quando o vento soprar
Quando o vento…

Senhor meu Deus
Quando eu maravilhado
Fico a pensar nas obras de Tuas mãos
O céu azul de estrelas pontilhado
O Teu poder mostrando a criação

Então minh’alma canta a Ti Senhor
Quão grande és Tu, quão grande és Tu

Quando a vagar nas matas e florestas
O passaredo alegre ouço a cantar
Olhando os montes, vales e campinas
Em tudo vejo o Teu poder sem par

Quando eu medito
Em Teu amor tão grande
Teu Filho dando ao mundo pra salvar
Na cruz vertendo o Seu precioso sangue
Minh’alma pode assim purificar

E quando enfim
Jesus vier em glória
E ao lar celeste então me transportar
Adorarei, prostrado e para sempre
Quão grande és Tu, meu Deus, hei de cantar.

Quem sou eu para merecer tão puro amor
Quem sou eu pra ser a imagem do meu Deus
Quem sou eu pra ter a mão que me segura
Sou tão pobre criatura
Que nem mesmo sei quem sou

Mas Tu, Jesus,
Tu me fizestes entender
Que para Ti sou precioso
Que para Ti tenho valor

Tu és poder
Tu és virtude e beleza
Tu és a própria natureza
Tu és consolo, Tu és amor.

Quem sou eu
Pra merecer uma coroa
Quem sou eu
Pra ser na vida um vencedor

Ah! Quem sou eu
Pra clamar e ser ouvido
E através do meu gemido
Mover a mão de um Rei Senhor

Mas Tu, Jesus
Tu me fizestes entender
Que para Ti sou precioso
Que para Ti tenho valor

Tu és poder
Tu és virtude e beleza
Tu és a própria natureza
Tu és consolo, Tu és Senhor.