Loading...
Casos Reais2018-09-20T15:07:21+00:00

“Passei a ser vítima de bullying”

A sua aparente fragilidade, caráter introvertido e problemas de aprendizagem levaram Diana a ser vítima da maldade dos colegas de escola

“Era uma criança muito introvertida devido a diversas ameaças e comentários. Por ser de aparência mais frágil e não estar dentro dos padrões de beleza esperados era ridicularizada. Passei, então, a ser vítima de bullying.
Usava óculos e isso para os outros era motivo suficiente para ouvir da parte deles constantes palavras negativas, que me colocavam para baixo. Para piorar ainda mais a minha situação, tinha problemas de aprendizagem na escola. Cheguei mesmo ao ponto de haver alguém na escola que, ao passar por mim, me agredia, com beliscões ou até com estalos.
Tudo isso tornou-me muito insegura, levando-me a chorar constantemente, pois achava que se contasse a alguém corria o risco de piorar ainda mais a situação. Sentia-me a pessoa mais feia e mais incapaz de fazer fosse o que fosse.”

Autovalorização. “Até que na Universal descobri o meu valor e, através da minha experiência com Deus, todos esses comentários e ameaças foram deixando de me importar. Entendi que quando há valorização própria, nem aqueles que nos rodeiam nos podem colocar para baixo, pois eles mesmos verão a diferença e não se sentirão bem em nos menosprezar.
Essa experiência com Deus foi uma alavanca para o meu sucesso, pois, através dela, houve uma revolta que trouxe a transformação no meu interior.”

Diana Lopes

Visite-nos

“O médico deu-me 6 meses de vida…”

Leia por completo

Ilegal e na miséria

Leia por completo

“Passei a ser vítima de bullying”

Leia por completo