A – F
M – Q
R – V

Glória pra sempre ao Cordeiro de Deus
A Jesus o Senhor, ao Leão de Judá
A Raiz de Davi, que venceu e o Livro abrirá

O céu, a terra e o mar
E tudo o que neles há
O adorarão e confessarão
Jesus Cristo é o Senhor

Ele é o Senhor, Ele é o Senhor
Ressurreto dentre os mortos Ele é o Senhor
Todo o joelho se dobrará
Toda a língua confessará
Que Jesus Cristo é o Senhor.

Crendo em Cristo Jesus vim obter
Gloriosa paz, perfeita paz
Ainda que dores açoitem meu ser
Tenho doce paz!

Paz, paz, gloriosa paz
Paz, paz, perfeita paz
Desde que Cristo minh’alma salvou
Tenho doce paz!

Paz insondável qual um grande mar
Gloriosa paz, perfeita paz
Posso nos braços de Deus repousar
Tenho doce paz!

Paz inefável de Deus que faz bem
Gloriosa paz, perfeita paz
Que dá alento à alma também
Tenho doce paz!

E nos conflitos com o tentador
Gloriosa paz, perfeita paz
Cristo Jesus me fará vencedor
Tenho doce paz!

A graça de Deus revelada
Em Cristo Jesus meu Senhor
Ao mundo perdido é dada
Por Deus d’infinito favor

Graça, graça
A mim basta a graça de Deus: Jesus
Graça, graça
A graça eu achei em Jesus

A graça de Deus é mais doce
Do que bens terrestres daqui
Em gozo meu choro tornou-se
Correndo Sua graça pra mim

Mais alta que nuvens celestes
Mais funda que profundo mar
A fonte da vida fizeste
Na qual nos podemos fartar

A graça de Deus hoje prova
Tu que vives na perdição
Pois Ele te salva, renova
Também limpa teu coração.

Que posso Senhor dar em troca do Teu
Grande amor
O céu, as estrelas, o mar, o perfume de uma flor
Pelas vezes que eu me perdi
E o Senhor me encontrou
E eu esqueci de dizer obrigado, Senhor

Que posso Senhor dar em troca
Da graça infinita
Que sustenta, consola o que chora nas horas aflitas
Pela luz que brilhou neste mundo
E mostrou o caminho
A fonte da paz nosso Rei da
Coroa de espinho

Que posso Senhor dar em troca
Da minha alma perdida
Os pregos, a cruz, as Tuas feridas
Tua mão estendida a me abençoar

É impossível como poderei pagar
Tu mereces muito mais
Que tudo que eu possa dar
Um pecador diante da Tua cruz
Só Teu sangue, ó meu Jesus
Tem poder pra me salvar.

Elevo os meus olhos para os montes
De onde me virá o socorro?
O meu socorro vem do meu Senhor
Que criou os céus e a terra

Não deixará que o teu pé vacile
O Senhor é quem te guarda
Não dormirá o guarda de Israel
Pois Ele é o teu socorro

O Senhor é quem te guarda
É a tua sombra à direita
Ele guarda a tua alma
Te protege contra o mal
Ele guarda a tua entrada
E a tua saída
Desde agora e para sempre.

Queres, neste mundo, ser um vencedor?
Queres tu cantar nas lutas e na dor?
Queres ser alegre, qual bom lutador?

Guarda o contato com teu Salvador!
Guarda o contato com teu Salvador,
E a nuvem do mal não te cobrirá;
Pela senda alegre, tu caminharás
Indo em contato com teu Salvador.

Neste mundo, vivem muitos a penar,
Cujos corações transbordam de pesar;
Dá-lhes a mensagem de amor sem par;
Com Deus o contato deves tu guardar!

Queres tu, com Deus, a comunhão obter?
Sua glória em ti sempre permanecer?
Que o mundo possa Cristo em ti ver!
Guarda o contato com o supremo Ser.

Deixa que o Espírito implante em teu ser,
O amor de Cristo, divinal prazer;
Queres, neste mundo, todo o mal vencer?
Guarda o contato e terás poder.

Há momentos
Que as palavras não resolvem
Mas o gesto de Jesus na cruz
Demonstra amor por nós

Foi no Calvário
Que Ele sem falar
Mostrou ao mundo inteiro
O que é amar

Aqui no mundo
As desilusões são tantas
Mas existe uma esperança
Que só Cristo pode dar.

Há um canto novo no meu ser
É a voz do meu Jesus
Que me chama: “Vem em Mim obter
A paz que Eu ganhei na cruz”

Cristo, Cristo, Cristo nome sem igual
Enches o contrito de prazer celestial

Preso no pecado eu me achei
Sem paz no meu coração
Mas em Cristo eu já encontrei
Doce paz e proteção

Tenho Sua graça divinal
Sob as asas de amor
Riquezas que fluem em caudal
Lá no trono do Senhor

Pelas águas fundas me levou
Provas muitas encontrei
Mas Jesus bendito me guiou
Por Seu sangue vencerei

Cristo numa nuvem voltará
Baixará do Céu em luz
Pelo Seu poder me levará
Pra Seu lar o bom Jesus.

Quando tudo era escuridão
E nada existia
O Senhor já estava ali

Quando olho para o céu
E vejo o amanhecer
E no fim de mais um dia
Vem o entardecer
Quando ouço um pássaro cantar
Quando olho para as flores
Ou para a imensidão do mar
Toda natureza se declara Ti

O Senhor disse haja luz
Então O vi
Na luz que brilha em mim
O vi
Na luz que abriu meu entender
Em tudo O vejo
Nessa luz O vejo

Como negar?
Como não O ver em todas
Essas maravilhas?
Como não acreditar ?
Que existe um Criador
Tão perfeito assim

Quem vê o homem de Deus
Falar das coisas do amor
Não pode imaginar
As lutas que ele enfrentou

Enquanto ele vai falando
Das coisas que o Pai lhe falou
Faz calar no próprio peito
As dores que já passou

Homem de Deus
Chora também
Nos momentos difíceis
Como qualquer outro alguém

E o homem de Deus vai pregando
Pregando sem parar
Embora muitos desejem
Ver o homem de Deus se calar.

Que honra é saber que sou Teu filho
Tu que és tão grande e infinito
Prazer é quando choro estás bem perto
É honra ter um Pai assim eterno

Que coisas preciosas és Tu em mim
É algo inexplicável pra dizer
Só sei que quando estou em Tua presença
Cresce muito mais a esperança
De Te contemplar pra Te dizer

Que honra Tua presença em meu ser
Que honra Te chamar, Te receber
É honra, que honra

Prazer é Te abraçar e Te sentir
Prazer é Te encontrar e Te seguir
Te amo, te amo
Meu Senhor!

Mantos e palmas espalhando vai
O povo alegre de Jerusalém
Lá bem ao longe se começa a ver
O Filho de Deus que montado vem

Enquanto mil vozes ressoam por aí
Hosana ao que vem em nome do Senhor
Com um alento de grande exclamação
Prorrompem com voz triunfal

Hosana, hosana ao Rei (x2)

Como na estrada de Jerusalém
Um dia também poderemos cantar
A Jesus Cristo que virá outra vez
Para levar-nos ao eterno lar.

Noites passei tão tristes e frias
À espera de alguém
Pra me consolar
Sozinho no escuro
Perdido em meus sonhos
Quando Tua luz vieste me dar

E assim Jesus meu Senhor
Com Tua luz me iluminou
E agora tão só, não andarei, jamais

Qual ondas do mar, perdidas nas águas
Sei que assim seria meu fim
Mas agora eu sinto
Que estou voltando
Pra casa de amor do meu bom Senhor

E assim Jesus meu Senhor
Com Tua luz me iluminou
E agora tão só não andarei jamais

Nada pode dar errado, pois tenho Teu amor
Jesus iluminou meu viver.

Invoca-Me
É o dia da tua angústia
E verás o meu livramento
Então Me glorificarás

Pra que ficar
Sofrendo assim desse jeito
Sentindo essa dor em seu peito
Se tudo Eu posso mudar

Invoca-me
Estou aqui perto e te escuto
Sou teu refúgio em absoluto
Você só precisa Me invocar

Te conheço
Os teus pensamentos Eu sei
Sou nada pro mundo Me faça teu Rei
Me entronize em teu coração.

Como o ar da montanha
E transparente como o vinho
E o cheiro de pinho
Vem com o vento no entardecer
Como voz de campainha
E quando a pedra e a árvore dormem
Então também está sonhando
Minha cidade Jerusalém

Jerusalém, Jerusalém
Tu és de cobre, ouro e luz
Tu és cidade do meu Rei
Senhor Jesus

Como secaram as cisternas
E o mercado está vazio
Ninguém visita o Monte Templo
Na Cidade Velha
E nas cavernas que estão nas rochas
Os ventos chegam a chorar
Ninguém mais desce a Jericó
Onde Jesus entrou

Quando venho a cantar-te
E a coroar-te de glória
Sou o menor dos menores
Dos filhos teus, Jerusalém
Teu nome queima os meus lábios
Como um beijo de amor
Não me esquecerei jamais
Jerusalém de Deus.

Jesus Cristo mudou meu viver
É a luz que ilumina meu ser
Sim, Jesus Cristo mudou meu viver

Diferente hoje é o meu coração
Cristo deu-me paz e perdão
Sim, diferente hoje é o meu coração

O amor só conhecia em
canções
Que falavam de ilusões
Mas tudo agora é diferente
Cristo fala com a gente
Pois Cristo deu-me Seu amor.

Jesus é maior que o medo mais profundo
Jesus é maior que os cuidados deste mundo
Jesus é maior porque Ele é Senhor
Sobre toda autoridade
Poder ou potestade, Jesus é maior

Seu poder é maior que os portais do inferno
Seu poder é maior, o Seu braço é eterno
Seu poder é maior porque Ele é Senhor
Sobre toda autoridade
Poder ou potestade, Jesus é maior

Seu governo é maior que os governos deste mundo
Seu governo é maior, Sua glória enche tudo
Seu governo é maior porque Ele é Senhor
Sobre toda autoridade
Poder ou potestade, Jesus é maior

Deus é maior, que as mais altas montanhas
Deus é maior, suas promessas são eternas
Deus é maior, porque Ele é Senhor
Sobre toda autoridade
Poder ou potestade, Deus é maior.

Não, não, oh mil vezes não
Jesus jamais dirá não
Para os arrependidos pedindo perdão
Jesus jamais dirá não.

Jesus, na Tua presença
Reunimo-nos aqui
Contemplamos a Tua face
E rendemo-nos a Ti
Pois um dia Tua morte
Trouxe vida a todos nós
E nos deu completo acesso
Ao coração do Pai

O véu que separava, já não separa mais
A luz que outrora apagada
Agora brilha e cada dia brilha mais
Só pra Te adorar
E fazer Teu nome grande, grande!
E Te dar o louvor que é devido
Estamos nós aqui.

Achei um bom Amigo
Jesus, o Salvador
O Escolhido dos milhares para mim
Dos vales é o Lírio, é o forte Mediador
Que me purifica e guarda para Si
Consolador amado, meu Protetor do mal
Solicitude minha toma a Si

Dos vales é o Lírio, a Estrela da manhã
O Escolhido dos milhares para mim
Consolador amado, meu Protetor do mal
Solicitude minha toma a Si
Dos vales é o Lírio, a Estrela da manhã
O Escolhido dos milhares para mim

Levou-me as dores todas
As mágoas Lhe entreguei
Minha fortaleza é, na tentação
Deixei, por Ele tudo; os ídolos queimei
Ele me conserva santo o coração
Que o mundo me abandone; persiga o tentador
Jesus me guarda até da vida o fim

Não desampara nunca
Nem me abandonará
Se fiel e obediente eu viver
Um muro é de fogo, que me protegerá
Té que venha a mim o tempo de morrer
Ao Céu então voando, Sua glória eu verei
Onde a dor e a morte nunca vêm.

Junto a Ti, Senhor
Junto a Ti, Senhor
Junto a Ti
Em Tua presença

Quero ser vaso em Tuas mãos
Pra Te exaltar e adorar
Vem moldar o meu coração
E todo o meu ser vem inundar

Quero mais Senhor
Muito mais Senhor
Eu Quero mais
De Tua presença

Mergulhar no rio de amor
E me envolver com o Teu poder
Transbordar nas águas do louvor
E em Ti me aconchegar, Te conhecer.

Quando tudo parecia ter chegado ao fim
E eu não tinha a menor esperança de ser feliz
Tempestades de dor e tristeza que eu enfrentei
Destruíram os sonhos e planos que eu construí

Quantas noites me ajoelhava sem poder falar
Eu não tinha coragem, nem forças pra falar com Deus
Mas um dia ouvi Sua voz me falando: “Não temas,
Não há dor que na cruz Eu não tenha vencido por ti!”

O sangue de Cristo liberta de todo pecado
A cruz do Calvário é o começo da nossa vitória
A Palavra de Deus é a nossa arma de guerra
E o poder de Deus nos garante a vitória final.

Eu vagava pela senda de horror
Oprimido pelo pecado e temor
Quando o Salvador eu vi
Sua terna voz ouvi
Meu Jesus me libertou por Seu amor

Livre estou! Livre estou!
Pela graça de Jesus livre estou
Livre estou! Livre estou!
Aleluia! Pela fé livre estou!

Eu vagava pela senda de horror
Não pensando no amor do Salvador
Eu vagava sem ter luz
Longe do Senhor Jesus
Mas liberto, hoje canto a Deus louvor

Eu vagava pela senda de horror
Mas agora quero andar com meu Senhor
Quero ouvir Sua terna voz
E segui-Lo sempre após
Glória seja dada ao nosso bom Pastor.