Notícias ruins geram ansiedade

Por outro lado, as histórias emolduradas de maneira mais positiva têm maior probabilidade de inspirar um desejo de ajudar

Um estudo realizado pela Universidade de Southampton (Inglaterra) revelou que assistir a notícias negativas gera ansiedade, queda de humor, sentimentos de impotência e apatia. Em contrapartida, esse tipo de notícia chama mais atenção. E é por isso que os noticiários insistem nelas.

De acordo com a doutora Denise Baden, autora do estudo, notícias ruins aumentam também a depressão e a tristeza.

O estudo foi realizado com mais de duas mil pessoas. Na publicação do resultado, a doutora  afirma:

“Quanto mais negativos os entrevistados se sentem, menor a probabilidade de tomarem ações para tornar o mundo um lugar melhor”.

Notícias boas fazem bem

“Por outro lado, as histórias emolduradas de maneira mais positiva que se concentram na reconstrução, e não na destruição, têm maior probabilidade de inspirar um desejo de ajudar”, relata Baden.

Essas notícias geram engajamento de quem assiste em melhorar não apenas a sua vida, como a sociedade como um todo.

Mas, se as notícias boas geram melhores resultados nas pessoas, por que a maioria dos noticiários contêm apenas informações ruins?

Para encontrar a resposta, Baden estudou inúmeros noticiários, inclusive entrevistando as maiores agências de notícias do mundo, como a Reuters, a BBC, a Sky e a Al Jazeera.

“Claramente, o enquadramento de notícias em um estilo tão negativo e chocante pode ser bom para os negócios. Mas não é bom para a saúde mental ou a sociedade”, conclui a pesquisadora.

Você escolhe

Durante edição recente do programa Palavra Amiga, o Bispo Edir Macedo ressaltou que as informações ruins são venenos para a alma:

“Palavras negativas, palavras que trazem preocupação, ansiedade, medo, dúvida, tudo isso são como o veneno para a sua alma. São venenos letais.”

De acordo com o ensinamento, “o que alimenta nossa alma são palavras. Mas a Palavras de Deus, não as do mundo. As do mundo enfraquecem a nossa alma. Fazem nosso semblante ficar caído. Fazem a nossa alma ficar sedenta, faminta, desesperada”.

Em contrapartida, “as Palavras que saem da boca de Deus trazem esperança, fé, confiança, convicção. Fazem a gente a se levantar, ser forte por dentro”.

Sabendo o que faz bem e o que faz mal, cabe a cada um escolher o tipo de notícia que vai consumir.

Assista ao ensinamento completo do Bispo Macedo no vídeo abaixo:

Fonte: Universal.org