Guarde o que recebeu

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Venho sem demora. Conserva o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.” (Apocalipse 3.11)

Você recebeu a fé. Você recebeu o Espírito Santo. Você recebeu a salvação. Você recebeu a paz que só a presença de Deus pode trazer. Muito mais difícil do que receber é conservar o que recebeu, até o fim. Como conservar o que recebeu? Só uma palavra resume: sacrifício. Dia após dia negando não só a si mesmo, mas aos apelos do mundo. Aos apelos daquilo que é aparentemente bom e também aos apelos daquilo que é claramente mau.

Negando aos apelos do nosso pior inimigo: o coração. Continuar buscando a presença de Deus e examinando a si mesmo, para ver se não há nenhuma raiz de amargura, nenhuma semente de dúvida. Não misturar vinho novo com vinho velho. Preservar o coração; preservar os olhos; preservar a mente escolhendo com inteligência aquilo que vai entrar pelos seus olhos e por seus ouvidos. Escolhendo com inteligência seu entretenimento, os sites, livros, revistas e jornais de que seu intelecto irá se alimentar.

O sacrifício diário não é um sofrimento; o sacrifício diário é um exercício de renúncia consciente. Com o foco no alvo maior: a salvação da alma. O Senhor Jesus virá, sem demora. Não sabemos quando, mas estamos vivendo, certamente, o fim dos tempos. Ele virá e aqueles que conservaram o que receberam, serão levados ao Seu encontro na eternidade. No entanto, ainda que Ele retarde a Sua vinda, a morte virá a todos no tempo de sua vida. O critério de seleção será o mesmo. Quem guardou o que recebeu, entrará no descanso do Seu Senhor. Vale ou não vale o esforço?

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: universal.org