Amor e ódio

Fonte de Imagem: Universal.org

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia.” (João 15.19)

Há dois tipos de pessoas no mundo: os nascidos do mundo e os nascidos do Espírito de Deus. Os nascidos do mundo possuem o espírito do mundo; os nascidos de Deus possuem o Espírito de Deus. Os filhos do mundo odeiam os filhos de Deus porque são possuídos pelo espírito do mundo.

Jesus disse: “Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, Me odiou a Mim” (João 15.18). Esse ódio só existe porque são filhos do mundo, filhos de Satanás.

É possível os nascidos do Espírito Santo odiarem? Podem até se irar diante das circunstâncias, mas nunca, jamais e em tempo algum odiar. O ódio cristão se dá apenas em relação às injustiças e pecados. Nunca a seres humanos. O ódio às pessoas só existe por conta da presença de Satanás.

Mesmo odiados pelos filhos do mundo, o que nos conforta é a certeza absoluta de que:

1º – Não somos do mundo; Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu…

2º – Fomos escolhidos do mundo pelo Próprio Senhor Jesus. …como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia. (João 15.18,19)

Só os que têm o Espírito de Deus possuem a certeza de terem sido separados do mundo.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: Universal.org