10 passos para alcançar o Perdão

Certa mulher, que era viúva de um dos membros de um grupo de profetas, foi falar com Eliseu e disse: O meu marido morreu. Como o senhor sabe, ele era um homem que temia a Deus, o SENHOR. Mas agora um homem a quem ele devia dinheiro veio para levar os meus dois filhos a fim de serem escravos, como pagamento da dívida. 2 Reis 4.1 (NTLH)

1º NÃO SE PERMITA MAIS SOFRER E TOME UMA ATITUDE: Perdoar não é um sentimento e sim uma decisão!

2º NÃO ESPERE PELO OUTRO: O arrependimento do outro não pode e nem deve ser uma condição para si!

3º PARE DE FALAR A RESPEITO: Você nunca irá esquecer, mas também não precisa de alimentar a sua dor.

4º REFLITA SOBRE A SUA PARTE NO OCORRIDO: Isso não justifica o erro do outro, mas far-lhe-á perceber que todos erram e falham.

5º CONVERSE PARA RESOLVER: Se houver necessidade de expor os seus sentimentos, mas a decisão de perdoar não deve depender disso.

6º SE VOCÊ TAMBÉM ERROU, SEJA HUMILDE: Reconhecendo o seu erro, não hesite em pedir perdão.

7º PERDOE-SE A SI MESMO: Perdoar-se a si mesmo é um ato de amor, o fim da culpa e do sofrimento que a mesma acarreta.

8º RESTAURE A CONFIANÇA: Quando se trata de uma traição, por exemplo, permita-se afastar física e emocionalmente da pessoa, até que esteja recuperado.

9º DESENVOLVA UM ‘CORAÇÃO’ QUE PERDOA: Perdoar não torna a outra pessoa correta, torna-nos livres!

10º DÊ UMA SEGUNDA OPORTUNIDADE: Isso não significa aceitar o erro, mas perdoar. Seja bom para os outros, mas ainda melhor para si mesmo!

 

Fonte: Folha de Portugal