Voluntários do Templo Maior enriquecem feriado de quem mais precisa

O trabalho dos Anjos da Noite é sempre gratificante, não só pela distribuição de alimentos a quem precisa, mas, essencialmente, de uma mensagem de transformação de vida

Prescindiram do seu feriado para se dedicarem a um dos atos mais altruístas que existem: a solidariedade. E assim, deslocaram-se ao Templo Maior, local de onde sairiam, com destino aos diferentes lugares onde os sem-abrigo habitualmente pernoitam, como por exemplo, o coração de Lisboa, a Praça do Rossio.

Os carros com os alimentos, as marmitas a serem distribuídas, iriam para vários lugares da capital. Por exemplo, no Rossio, os voluntários distribuíram as marmitas, pães e sumos pelos moradores de rua. Outro dos locais visados foi o viaduto de Santa Apolónia e outra das viaturas tinha como destino a Gare do Oriente.

Alimentos, como sandes e sumos, marmitas com alimentos quentes, mas também cobertores que os ajudarão a suportar as noites frias que se têm feito sentir. Ou seja, vários foram os locais contemplados para a distribuição alimentar e não só, tendo em conta que, em dias de feriado, muitas instituições de solidariedade social não distribuem alimentos, já que apenas o fazem em dias úteis.

Todavia, mesmo nos feriados, a Igreja Universal do Reino de Deus, juntamente com os seus voluntários, procede à distribuição alimentar junto dos sem-abrigo. Várias têm sido as pessoas alcançadas, pessoas cujas histórias variam, desde situações de desemprego, vícios, falência, em suma, à perda de rendimentos a ponto de serem atiradas para a rua.

A palavra de esperança, no meio de tantas dádivas, acaba por ter o destaque, já que muitos a aceitam, diante da possibilidade da transformarem as suas vidas através da entrega das mesmas a Jesus.

Se deseja fazer parte deste trabalho tão recompensador, que é o voluntariado dos Anjos da Noite, procure a Universal mais próxima da sua residência e converse com o pastor, pois a própria Palavra de Deus afirma que mais bem-aventurado é aquele que dá, do que o que recebe.

Templo Maior