Voluntários da UNP reúnem-se no Porto

Domingo foi realizada uma reunião com vários voluntários da UNP no Porto

Foi um encontro para tratar assuntos ligados ao trabalho evangelistico na porta das prisões, como também o trabalho dos Gadarenos, que já tem sido realizado em vários lugares. Trabalho no qual o voluntário escreve a carta para o recluso e passa acompanhar o recluso dentro da prisão, até o recluso se firmar com Deus. E ao sair, não estará sem Deus.

O trabalho do Gadareno tem se estendido por Portugal continental e Ilhas, são vários os reclusos que têm sido alcançados por esse trabalho.
Na oportunidade, o Pastor Francisco Silva, responsável pelo trabalho da UNP em Portugal, orientou ao respeito e cuidado a ter ao evangelizar na porta das prisões. Mantendo o distanciamento social, como a segurança e higiene, através de álcool em gel e mascarás, para o combate a COVID-19. Não havendo imposição de mãos, contato fisico, para ministrar orações.
A orientação é levar ali a Palavra de Deus, força, animo, coragem e esperança para as famílias ali necessitadas. Pois as mesmas sofrem em ter os seus familiares fechados numa prisão.

O Pastor também falou da importância dos frutos aparecerem do trabalho, e para que esses frutos apareçam, para que haja uma resposta desse trabalho é necessário que vença-se a batalha no campo espiritual. E para que se vença essa batalha é preciso jejuar, orar, ler e meditar na bíblia, e principalmente obedecer á Palavra de Deus. Pois a obediência é o primeiro passo que se dá para vencer as batalhas no campo espiritual.

Quando os frutos começam a aparecer, é a prova de que se está a vencer no campo espiritual. Quando não há fruto daquilo que se faz, é porque a batalha no campo espiritual está a ser perdida.

O Pastor referiu a importância de fazer como Jacó fez. Jacó passou a vencer no campo espiritual quando ele agarrou o Anjo, que representava o próprio Senhor Jesus. Ele apegou-se ao Anjo, então nós temos que nos apegar a Deus, e só estando apegado a Deus é que podemos vencer as batalhas no campo espiritual e ver materializado no nosso trabalho.

Foi uma reunião especial após o Santo Culto com o senhor Bispo Edir Macedo, uma reunião na qual os voluntários sairam com a direção para ganhar almas para o Reino de Deus, pois este tem sido o ideal dentro e na porta das prisões.