Universal de Braga entrega donativos a Estabelecimento Prisional de Guimarães

Como tem acontecido um pouco por todo o continente e Ilhas, o foco principal é de ajudar a minimizar as carências que os reclusos a cumprir pena têm enfrentado, especialmente nos últimos três meses

Impossibilitados de receber visitas e apresentando maior dificuldade em ter acesso a produtos ou bens de primeira necessidade… esta é a realidade da população reclusa, especialmente desde que a pandemia de covid-19 se instalou.

Com o objetivo de ajudar a mitigar as dificuldades enfrentadas, a Igreja Universal do Reino de Deus, através da sua obra social, a UniSocial, à qual está agregada a Universal Nas Prisões (UNP), tem vindo a realizar um incansável trabalho de apoio espiritual e recuperação da população reclusa.

Segundo informações que constam no site justiça.gov.pt, o Estabelecimento Prisional de Guimarães, inicialmente, funcionava como cadeia de apoio do Estabelecimento Prisional Regional de Braga, tendo sido criado em 1989 como Estabelecimento Prisional Regional.

Com os kits de higiene devidamente organizados e embalados, o bispo Júlio, responsável pelo trabalho da IURD no bloco de Braga, juntamente com os pastores voluntários dirigiram-se para a prisão para efetuar o donativo. Mais de 1000 produtos de higiene iriam, então, ajudar a vários reclusos do EP de Guimarães.

Gratos a todos os que tornaram possível este ato solidário, os voluntários ressaltaram que não estariam nada mais do que a fazer jus ao que o Senhor Jesus disse na Sua Palavra.

É nos momentos difíceis que a união faz a diferença e se torna ainda mais importante estender a mão a quem precisa. Tem sido desde sempre este o lema da Universal, que não olha a meios para cumprir os seus objetivos e linhas de orientação, pautadas sempre pela Palavra de Deus e baseadas no amor ao próximo.