Sofrendo de depressão, mais um pastor comete suicídio

O que fazer quando a vida perde o sentido? Participe, nesta sexta-feira (13), de uma reunião na Universal e descubra como se livrar de pensamentos malignos que rondam a sua mente

Mais uma triste notícia traz à tona o assunto suicídio entre líderes religiosos. Desta vez, o pastor Jarrid Wilson, de 30 anos – que liderava a igreja Harvest Christian Fellowship, na Califórnia (EUA) – cometeu suicídio.

Ele lutava contra a depressão e, infelizmente, não conseguiu vencê-la, mesmo conhecendo e “amando a Jesus”, como ele mesmo escreveu em uma rede social, no dia em que tirou a própria vida:

“Amar a Jesus nem sempre cura pensamentos suicidas. Amar a Jesus nem sempre cura a depressão. Amar a Jesus nem sempre cura o Transtorno de Estresse Pós-Traumático. Amar a Jesus nem sempre cura a ansiedade”.

A tragédia causou comoção entre seus amigos e colegas de ministério. Jarrid deixa esposa e dois filhos pequenos. De acordo com o responsável pela Igreja de Jarrid, pastor Greg Laurie, “ele amava o Senhor e tinha o coração de um servo. Ele era vibrante, positivo e estava sempre servindo e ajudando os outros. Jarrid também lidou repetidamente com a depressão e foi muito aberto sobre suas lutas em andamento. Ele queria ajudar, especialmente, aqueles que estavam lidando com pensamentos suicidas. Tragicamente, Jarrid tirou a própria vida”, escreveu o religioso.

O que está por trás desse mal?

Às sextas-feiras, na Universal, está acontecendo uma reunião especialmente dirigida a quem sofre com os problemas da alma, inclusive a depressão. É a Sessão do Descarrego. Nela, a pessoa identifica o que está por trás desse mal que aflige a sua vida. Participa de orações específicas e, certamente, sai com uma nova visão.

O encontro é o maior ponto de luz humano do mundo. Se você sofre com a depressão, participe desta reunião de fé.  O objetivo deste propósito é que todos que sofrem com a escuridão que essa depressão causa, ao entrarem no maior ponto de luz, o mal seja dissipado.

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: universal.org