Saiba qual é o benefício de ler a Bíblia

Infelizmente, muitos cristãos até possuem uma Bíblia, mas não a leem

A nossa vida é moldada pelas ideias que alimentam os nossos pensamentos. Por exemplo, quando os pais moldam os filhos transmitindo para eles a cultura da família, eles tendem a crescer sob os moldes dessa educação.

O mesmo acontece quando lemos a Bíblia, porque ali estão os ensinamentos de Deus para os Seus filhos. Ela trata dos pensamentos e das vontades do Senhor. É por meio das Escrituras que o Altíssimo educa o ser humano sobre a maneira certa de se viver. E como um bom Pai amoroso, Ele jamais nos prejudicaria com os Seus ensinamentos. Tudo o que Ele orienta é para o nosso próprio bem.

Ler a Bíblia nos aproxima de Deus

A eficácia da prática da leitura bíblica é comprovada, por exemplo, quando observamos um estudo publicado pelo “Center for Bible Engagement”, iniciado em 2009.

O instituto levantou informações com 40 mil estadunidenses, de idades entre 8 e 80 anos, por meio da internet. Com o intuito de mapear qual era a relação da população geral do país com a leitura bíblica, os pesquisadores observaram a frequência com que as pessoas consultavam a Bíblia.

Um dos principais pontos da conclusão foi que o engajamento na leitura bíblica influencia, de fato, no comportamento humano. “Como ovelhas, nós tendemos a nos desviar do Pastor (Jesus Cristo). Vivendo em um mundo repleto de tentações, a desconexão com a Palavra de Deus pode aumentar as nossas chances de ceder à essas tentações. Sem uma compreensão firme da Bíblia, alimentada por meio da leitura ou escuta diária, enfraquecemos a nossa capacidade de defender a fé que afirmamos, ficamos menos confiantes em compartilhar essa fé com os outros e nos tornamos mais vulneráveis a sermos vítimas de falsos ensinamentos”, esclareceu o estudo.

Por exemplo, durante a pesquisa, as pessoas que apresentavam maior frequência em leitura bíblica ficavam 57% menos expostas à tentação do vício em bebidas, 68% menos tendenciosas ao adultério e 61% menos propensas a verem pornografia. Além disso, a vontade de compartilhar a fé com os outros se apresentava 228% maior.

Em outras palavras, o estudo mostrou o que o Senhor Jesus já havia alertado, quando esteve em forma humana na Terra: “… Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.” Mateus 12:34

Como fazer a leitura bíblica

Entretanto, valem algumas observações durante a leitura bíblica. Primeiro, é preciso entender que não podemos tirar os versículos do contexto. Porque isso pode gerar uma compreensão equivocada do que o Texto realmente quer dizer. Ou seja, apenas extraímos informações do que está devidamente escrito. Em seguida, é preciso pensar sobre como aplicar o que se aprendeu. Porque, “meditar” não é apenas ler, mas trazer os ensinamentos para si. Igualmente, o estudo apontou que a leitura bíblica precisa vir acompanhada de outros fatores, tais como: a frequência nos encontros da Igreja e a realização de orações.

Qual tem sido a sua frequência de leitura bíblica? Um material que pode lhe auxiliar nessa tarefa é a Bíblia com as anotações de fé do Bispo Edir Macedo. Pois, ao longo dela há comentários que explicam cada trecho do Texto Sagrado.

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: universal.org