Quando o sentimento anula a voz da razão

No A Escola do Amor Responde desta semana, o aluno Paulo pede ajuda aos professores Renato e Cristiane Cardoso. Ele está fazendo um investimento financeiro para ter um negócio futuro com a namorada, mas já não tem certeza se ela é a pessoa certa para a sua vida. Veja a resposta do casal.

Paulo – Estou em um relacionamento há um ano e já falamos em nos casar. Buscamos a Deus juntos e Ele nos deu a direção de montarmos uma loja em parceria. Mas, recentemente, vi uma mensagem de um amigo no celular da minha namorada e, depois disso, ela mudou muito. Tornou-se uma pessoa fria, fica pelos cantos mexendo no celular e, quando me aproximo, muda de tela e desliga o aparelho. Isso está me deixando desconfiado. Já tentei conversar sobre isso, mas ela jura que não há nada de errado, fala de Deus, chora e eu acabo me tornando o culpado da história. Cheguei a ligar para este amigo dela e conversei com ele, que me garantiu que nunca houve nada entre os dois. Todo o investimento monetário para a loja que queremos abrir parte de mim, porém essa desconfiança está me matando. Além desse projeto e do plano de nos casarmos, temos uma viagem paga e marcada.

Cristiane – Paulo, vejo que você está sendo um pouco precipitado nesse relacionamento e no projeto financeiro em comum, porque fala como se já fossem casados. Isso é muito perigoso, pois ainda são namorados – e há apenas um ano. E ainda tem a sua desconfiança em relação a ela. Ela não está sendo transparente, porque, se não tivesse nada a esconder, poderia mostrar o celular para você e eliminar sua desconfiança. Mas ela não lhe mostrou a mensagem e ainda tem um comportamento de vítima, o que faz com que você se sinta mal. É precipitado da sua parte começar um investimento sem que estejam casados. Você quer ter um empreendimento com ela, mas, ao mesmo tempo, tem essa dúvida. Então, primeiro vocês têm que estar bem, casados, para depois pensarem em um investimento financeiro.

Renato – Nem se os dois estivessem investindo dinheiro nesse projeto nós recomendaríamos que fossem em frente com isso. Que dirá pelo fato de todo esse compromisso financeiro vir somente de você. Acho que você se contradiz porque diz que crê que este investimento foi uma direção de Deus, mas, ao mesmo tempo, tem dúvidas e inseguranças pelo que descobriu dela. Então, se você tem tanta convicção que Deus lhe deu a direção para montar um negócio com ela, por que está com dúvida de continuar ou não? Ou você não está crendo na direção de Deus ou a verdade é que a direção não foi dEle. As pessoas gostam de espiritualizar muito as coisas. Então, pare e pense: Deus iria mandar você montar um negócio com uma pessoa com a qual você ainda não tem certeza se vai se casar? Deus não se contradiz. O que está acontecendo aqui é que você está dando para ela mais confiança do que ela merece e conquistou até o momento. Você está colocando os seus sentimentos acima da razão. O seu lado racional está te incomodando e dizendo que você pode estar embarcando em um Titanic, mas o teu lado emotivo diz que você a ama e te faz lembrar dos momentos bons que viveram. Esse lado emotivo faz você suspender o que o seu lado inteligente já lhe mostrou.

Fonte: Universal

Artigos Relacionados

Ler Mais Artigos

Terapia do Amor

The Love School

Casamento Blindado

Namoro Blindado

2019-05-08T10:01:48+01:00
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Aceitar