Por que tantas pessoas são fracassadas?

Durante reunião no Templo de Salomão, o Bispo Edir Macedo revelou o motivo. Entenda

Na noite desta quarta-feira (1º de julho), o Bispo Edir Macedo, durante reunião realizada no Templo de Salomão, em São Paulo, revelou o motivo pelo qual tantas pessoas são fracassadas em suas vidas.

“Por conta de você não entender o que Deus quer realizar na sua vida; Ele não pode interferir na sua vida, sem a sua total entrega”, iniciou.

O Bispo deixou claro que esta decisão não depende dos outros e nem é questão de se ter nascido “com sorte ou com azar”. Ele também pontuou que Deus não nos chamou para vivermos uma vida mesquinha, miserável e com pequenas soluções. “Deus chamou você, como um dia me chamou, para fazer com você, no mínimo, o que Ele fez comigo, porque eu não sou melhor do que você!”, afirmou.

Mas, para isso, o Bispo deixou claro que teve de tomar esta decisão: de servi-lO com a sua vida, a fim de que Deus pudesse ser glorificado. E isso foi materializado por meio de uma aliança entre ele e Deus.

Como resultado, houve uma mudança, como da água para o vinho, em sua vida. Claro que isso tudo não aconteceu da noite para o dia. “Assim, Deus espera de cada um de nós. Pois, enquanto você não se entregar para Ele, Ele não pode fazer nada na sua vida”, enfatizou.

E, acrescentou, dizendo que entrega é diferente de acreditar em Deus. Só se entrega quem crer Nele. “Acreditar é como namorar, mas crer envolve palavra, lealdade, entrega; assumir a pessoa que você crê.”

Gerados por Deus

Para entender melhor como se dá essa transformação de vida, o Bispo explicou que a origem de todo o  fracasso começou no Jardim do Éden. Quando Adão se corrompeu, a partir dali, toda a humanidade passou a nascer com uma identidade contrária à planejada por Deus. Ela agora era corrupta, fracassada, revoltada contra o Criador e rebelde. Nascia, então, a “alma vivente”.

“Alma vivente é sentimento, carência, é ser refém do próprio coração. Tudo na vida dela envolve as suas cobiças e vontades”. Ela é comandada pelo coração, e o mesmo, como descrito na Bíblia, é enganador e perverso (Jeremias 17.9).

Enquanto a pessoa for ‘alma vivente’ será fracassada, porque sua natureza é destinada ao fracasso; pois ela é carnal.

Contudo, Deus não nos fez para sermos almas viventes.

O apóstolo Paulo explica isso:

“Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão em espírito vivificante. Mas não é primeiro o espiritual, senão o natural; depois o espiritual. O primeiro homem, da terra, é terreno; o segundo homem, o Senhor, é do céu. Qual o terreno, tais são também os terrestres; e, qual o celestial, tais também os celestiais. E, assim como trouxemos a imagem do terreno, assim traremos também a imagem do celestial.“ 1 Coríntios 15.45-49

Apenas o Espírito Santo faz de uma pessoa uma nova criatura. Pois os que são nascidos Dele são gerados por Deus e aí já não são mais almas viventes e, sim, espírito vivificante.

“Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é Dele.” Romanos 8.9

Fonte: Universal.org