Perdoar pode prevenir infartos

Se você encontra dificuldades em liberar o perdão, participe nesta quarta-feira da “Escola da Fé Inteligente”

Você imagina pedir perdão para quem lhe ofendeu um dia? Aos olhos de muitos, essa é uma atitude absurda, uma vez que pensam que o perdão significa a aceitação do problema.

Mas, o que muitos desconhecem é que esse ato nada tem a ver com quem fez o mal e sim, com aquele que foi atingido. Quem perdoa é comprovadamente mais feliz, saudável, convive melhor com os outros e ainda previne um infarto.

Algumas pesquisas realizadas na Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos, e em diversos hospitais de referência na Europa mostram que o perdão tem vários benefícios, entre eles está a redução da pressão arterial.

Outra pesquisa sobre o assunto foi apresentada durante o 40º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp), que aconteceu recentemente, nele a psicanalista Suzana Avezum apresentou uma pesquisa que mostrou a relação entre o enfarte agudo do miocárdio, quando a circulação de sangue para uma parte do coração é interrompida, e a dificuldade em perdoar.

A pesquisadora entrevistou 130 pacientes que enfartaram, de 2016 a 2018, e encontrou maior incidência do problema entre aqueles que diziam ter dificuldade para perdoar.

Já a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), no ano de 2019, relatou que 2,8 mil pessoas foram internadas depois de sofrerem infarto do miocárdio. Não foi possível determinar a causa direta de cada infarto, mas, o tema do perdão na saúde é tratado diretamente por médicos desde 2017. Até agora, as descobertas comprovaram, e explicam, que o ato de perdoar age bioquimicamente a ponto de fazer bem ao coração.

“Carregar mágoa, é obrigatoriamente desequilibrar seu sistema imunológico, e se você já tiver uma pré-disposição, uma propensão, vai facilitar o aparecimento de doenças ligadas ao sistema imunológico como o câncer e também pode causar o infarto”, comentou o psiquiatra Isaac Efraim, ao programa “Domingo Espetacular”, da Record TV.

Perdoar faz bem à alma e ao corpo

O Senhor Jesus ensinou sobre o perdão durante a oração do Pai Nosso: “E perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a qualquer que nos deve, e não nos conduzas à tentação, mas livra-nos do mal.” (Lucas 11:4).

A oração Pai-Nosso ensina que se não perdoamos aqueles que nos ofendem, não somos perdoados pelo próprio Deus. Mas quando se entende que o perdão é algo que faz mais bem para si mesmo do que para o outro, você se torna uma pessoa livre que pode mais facilmente amar, cuidar e viver a vida da forma plena e saudável como tem que ser.

Aprenda como perdoar

Todas as quartas-feiras, no Templo Maior, acontece a Escola da Fé Inteligente com a Noite da Salvação. Nesse encontro, os participantes aprendem a extrair da Palavra de Deus aprendizados valiosos para a comunhão com o Altíssimo e também aprendem como perdoar. Você também pode participar em uma Universal mais próxima de sua casa.

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: universal.org