O princípio da verdadeira vitória

O clamor da manhã de domingo realizado diante da Arca da Aliança tem reunido centenas de pessoas no Templo Maior que estão em busca da resolução dos seus problemas…

Tratava-se do terceiro dia em que o propósito da Arca da Aliança decorria. As orações fortes sucedem-se sempre à passagem da Arca a cada domingo que a mesma é transportada pelos pastores ao longo do auditório do Templo Maior. Pela saúde, pela prosperidade, pela união familiar, pela reconstrução do casamento, pela libertação dos vícios… todos comparecem com um objetivo em mente: de que as maravilhas que seguem a Arca venham a ocorrer nas suas vidas. Mediante a realização destas 12 semanas, absolutamente tudo se apresenta como possível diante da fé que todos possuem.

O orador, bispo Domingos Siqueira, determinou no decorrer do último encontro, que todas as pessoas que aceitaram e que vierem ainda a aceitar este convite irão confirmar as maravilhas que a Arca continua a operar nos dias de hoje na vida daqueles que mantêm a sua fé ativa. E, tal como Naamã teve que mergulhar 7 vezes para que a lepra abandonasse o seu corpo; Elias teve que orar 7 vezes vezes até que a chuva caísse sobre a terra e Josué teve que rodear 13 vezes a cidade até que as muralhas de Jericó ruíssem… e é nesta mesma perseverança de fé que todas as pessoas que assumiram o compromisso de realizar o propósito dos 12 Domingos da Vitória Total se mantêm, já que sabem que todos os seus sonhos ou objetivos irão concretizar-se no decorrer desta jornada, ou seja, os resultados irão surgir.

Na mensagem reservada para este dia, o bispo Domingos mencionou a importância da fé para se alcançar uma vida de qualidade, porém, o que acontece na vida de muitos é que não têm observado a totalidade das promessas de Deus na sua vida… mas, por que motivo? Porque Deus só Se dá na medida em que nós, seres humanos, nos damos a Ele.

A propósito deste assunto, o bispo mencionou a história do sumo sacerdote Eli, que embora não errasse, era permissivo com os erros dos seus filhos, como vem descrito na Palavra de Deus: “Por que pisastes o Meu sacrifício e a Minha oferta de alimentos, que ordenei na Minha morada, e honras a teus filhos mais do que a Mim, para vos engordardes do principal de todas as ofertas do Meu povo de Israel? Portanto, diz o Senhor Deus de Israel: Na verdade tinha falado Eu que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de Mim perpetuamente; porém agora diz o Senhor: Longe de Mim tal coisa, porque aos que Me honram honrarei, porém os que Me desprezam serão desprezados.” (1 Samuel 2.29-30)

Esta palavra revela que quem despreza a Deus será também desmerecido por Ele, assim como quem O honra, também será honrado por Ele. O orador alertou, então, que Deus conhece os corações humanos e o que está no seu interior, por isso, de nada serve afirmarmos algo quando sentimos o contrário. Devemos ter uma vida condizente com a fé sincera que afirmamos professar e que honre ao Deus a Quem servimos, esta é a única explicação para tanta frustração no meio cristão e que é impeditiva da salvação, a qual devemos buscar, acima de tudo.

Todos os domingos, às 9h30

Galeria de Fotos

Setembro 2019

Agosto 2019

Ler Mais Artigos
2019-08-21T17:53:13+01:00
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Aceitar