O Altar e o Sacerdote

Como o Altar representa o Deus-Altíssimo, o sacerdote representa o servo do Altíssimo. O sumo sacerdote no Tabernáculo e, mais tarde, no Templo simbolizava o Servo Maior: Jesus Cristo. O Messias veio para servir ao Deus-Pai e aos que viessem a segui-lO.

Ora, se o Filho de Deus foi Servo até à morte, carregando a maldição do pecado de toda a humanidade e, por conta disso, teve que aprender a obediência, (servir) por aquilo que padeceu (Hebreus 5.8), imagine a qualidade de serventia que o Deus-Pai espera dos Seus servos!

O Deus-Filho serviu como exemplo ou referencial de Servo para todos os Seus discípulos. Portanto, ninguém poderá se desculpar por não saber como servir ao Deus-Pai.

E tomando o pão, e havendo dado graças, partiu-o, e deu-lho, dizendo: Isto é o Meu corpo, que por vós é dado; fazei isto em memória de Mim. Semelhantemente, tomou o cálice, depois da ceia, dizendo: Este cálice é o Novo Testamento no Meu sangue, que é derramado por vós. Lucas 22.19,20

Quando o Senhor partiu o pão e o deu aos discípulos, Ele os serviu, da mesma forma, quando lhes deu do cálice, também os serviu. Quer dizer: Ele não serviu apenas com palavras, mas com atitudes sacrificiais.

Assim tem que acontecer com os Seus verdadeiros seguidores. Caso contrário, não haverá qualquer relacionamento destes “supostos servos” com o SENHOR. Por isso também Ele disse:

Nem todo o que Me diz: Senhor, Senhor! Entrará no Reino dos Céus, mas aquele que faz (serve) a vontade de Meu Pai, que está nos céus. Muitos Me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em Teu Nome? E em Teu Nome não expulsamos demônios? E em Teu Nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniquidade. Mateus 7.21-13

Fonte: Bispo Macedo