“Mulher Admirável”, a autoajuda que faltava!

A mais recente reunião trimestral do Godllywood Autoajuda teve lugar sábado, dia 3 de agosto, às 18h, tendo reunido, mais uma vez, centenas de mulheres no auditório principal do Templo Maior

Existem diversas características que definem a “mulher moderna”, como por exemplo: independente, decidida, lutadora, empreendedora, atenta à sua imagem… porém, como será esta mulher no seu âmago? Será ela verdadeiramente feliz e realizada?

Como é habitual, a palestra do Autoajuda, que tem lugar trimestralmente no auditório do Templo Maior, reuniu centenas de mulheres para uma oportunidade única: falar de assuntos que dizem respeito ao público feminino. Desta feita, a D.ª Núbia dissertou sobre o tema “Mulher Admirável”, subjugado ao mote: “a beleza não se herda nem se compra”.

Todavia, não foi Ester, Maria, Rebeca, Sara os exemplos bíblicos abordados e sim um dos mais negativos: Jezebel. A rainha Jezebel encarnava tudo o que o ser humano não deve repetir. Mas, embora existam erros cometidos por ela que foram claramente maus, há outros que, sem darmos por isso, estão profundamente enraizados na vida de muitas mulheres, na nossa cultura moderna.

Mas, quais eram os principais defeitos de Jezebel?

1 – Tinha uma incontrolável sede de poder (embora Acabe, seu marido, fosse o rei, quem mandava era ela, mesmo que para isso tivesse que manipular, enganar, mentir e até mesmo matar…)

2 – Usurpava a autoridade do marido.

3 – Escondia ou justificava os seus pecados (mesmo tendo tido muitas oportunidades para se arrepender)

4 – Era egocêntrica (somente a sua vontade podia prevalecer, era autoritária, incontrolável e prepotente)

5 – Investiu de forma exagerada na beleza até ao último momento da sua vida (a beleza, para ela, era mais importante do que tudo o resto)

Sobre este assunto, a oradora evidenciou que o mundo atual se rege mais pelas “qualidades” de Jezebel do que por qualquer uma das outras mulheres da Bíblia. Contudo, Jezebel morreu sozinha, abandonada por todos. Ela pensava que estava no controlo da sua própria vida, quando nenhum ser humano o está.

Muitos procuram nos elementos exteriores para se sentirem preenchidos ou valorizados. Recorrem a viagens, dinheiro, roupas, cirurgias plásticas, ao culto do corpo e da beleza, como se isso lhes desse a valorização tão desejada. Contudo, a verdadeira felicidade não está em nada exterior e, sim, na nossa condição de sermos filhos de Deus e é nisso que devemos investir o nosso tempo, na beleza da alma, pois tudo o resto passa e, eventualmente, acaba. Por isso, a nossa dependência deve ser, única e exclusivamente, do Espírito Santo.

Todas as convidadas foram, então, convidadas a fazer uma aliança com Deus, que consistiu numa entrega verdadeira e um novo começo, onde não mais existe espaço para as fraquezas, já que estas se transformaram, daquele momento em diante, em força!

“Aprendi o meu valor!”

“Tenho participado desde sempre no Autoajuda e penso que são reuniões muito boas para todas as mulheres e, no meu caso em particular, tem-me ajudado bastante como mulher, pois aprendi a reconhecer o meu valor, a não me comparar com outras mulheres, a ser eu mesma, a saber a apreciar as minhas qualidades. Sobre o tema de hoje, ‘Como Ser Uma Mulher Admirável’, penso que me vai ajudar, como sempre me tem ajudado, ou seja, a saber valorizar-me não só a mim, como também aos outros!”

Noemi

“Ajuda-nos a arrumar as ideias”

“Já há alguns anos que participo no Autoajuda e a meu ver tem sido muito útil, pois nós mulheres temos que aprender a nos valorizarmos e estas reuniões ajudam-nos muito a arrumar as ideias e também no dia a dia. Para mim, tem tido muitos efeitos práticos na minha vida. Quanto ao dia de hoje espero que me dê mais força e me faça sair daqui com ideias novas, que me continuem a ajudar no meu dia a dia.”

Maria

“Mudei a minha forma de agir…”

“Desde que tomei conhecimento da existência do Autoajuda que comecei a participar. Na minha vida influenciou em muitas coisas, como por exemplo, na minha forma de agir, de pensar, como mulher, mãe, esposa, em suma, como pessoa. Estou na expetativa de sair daqui hoje com algo a mais que me beneficie para a minha vida.”

Djamila

“Mensagem surpreendente!”

“Foi uma mensagem muito forte e surpreendente, que veio ao encontro de cada mulher, porque temos que avaliar o que existe no nosso coração e que não venhamos a levar as coisas para o lado do sentimento ou da emoção… na verdade, temos que nos livrar de tudo isso para que, verdadeiramente, possamos ser mulheres fortes. Devemos, também, desenvolver a beleza que agrada a Deus, a interior, não a exterior. O que foi aqui dito hoje tem tudo a ver com a mulher de hoje em dia!”

Lindalva

“Abriu a nossa visão!”

“Foi uma reunião que abriu muito a nossa visão sobre a mulher nos dias atuais, que cada vez mais tem uma visão feminista, sendo que ela vê esta corrente como a sua liberdade, quando, na verdade, tem sido uma prisão para ela. Aprendemos também a ver a beleza que verdadeiramente importa, que é a interior e é essa, sim, que é a força da mulher. Muitas mulheres encaram a Palavra de Deus como algo que as aprisiona, quando é justamente o contrário, é a Palavra que as liberta!”

Midiã