Mau comportamento: o caminho para a morte eterna

O Bispo Edir Macedo, desde o dia 27 de outubro último, tem realizado uma série especial de reuniões, no Templo de Salomão – localizado na capital paulista -, após ter retornado de sua viagem missionária pela África, Europa, América do Norte.

Encontro direcionado aos obreiros

No dia 3 de novembro último, a mensagem foi dirigida ao grupo que auxilia nas atividades da Universal: os obreiros.

Fazendo uma análise panorâmica nas cartas escritas pelo apóstolo Paulo, contidas na Bíblia, o Bispo Macedo alertou sobre o perigo da malícia entre os cristãos (1 Coríntios 14.20) e a necessidade de se manter os pensamentos constantemente conectados com o Reino dos Céus (Colossenses 3.1), acrescentando que se a pessoa tem cultivado os “maus olhos” é necessário que ela se reconcilie com o Senhor urgentemente (Efésios 4.30-31).

“Você pode ser uma criatura avançada em idade, mas, com respeito à malícia, você deve ser como uma criança”, orientou. “Eu não posso guardar sentimentos maus, olhar com críticas o meu próximo, eu tenho que andar pensando no que vem de Deus. Por menor que seja a malícia, livre-se dela. Com ela, você coloca em risco o que tem de mais precioso, que é a sua Salvação.”

Ao final, o Bispo Macedo realizou uma oração em favor dos participantes.

Um alerta espiritual

Para Beatriz Argolo (foto ao lado), de 25 anos, que participou da reunião, a mensagem permitiu uma reflexão sobre a importância do relacionamento contínuo com Deus:

“Quando temos o Espírito Santo, devemos priorizar a nossa vida com Ele, devemos buscar sempre nos aprofundar mais nas coisas do Alto. A malícia é o que tem destruído a fé de muitos, tirando a inocência e colocando maus olhos. Isso entristece o Espírito Santo.”

Abandone o mau comportamento

Já no dia seguinte, 4 de novembro, o Bispo Macedo continuou os ensinamentos, no Templo de Salomão, abordando sobre a afirmação do Senhor Jesus com relação ao novo nascimento (João 12.24).

“A Palavra de Deus criou as leis da física. Ela sustenta a criação. Por meio dela, a sua vida muda. Não interessa o que você fez. Não importa se você é a última das criaturas. Quando você aceita essa Palavra, há transformação. Os conselhos que damos para os nossos filhos servem para o bem deles. Assim é com relação à Palavra de Deus. Nós a aceitamos ou a rejeitamos, depende de você. Se você morrer para esse mundo e começar a obedecer a vontade Divina, você dará muitos frutos”, afirmou o Bispo.

Ele ainda disse que o sofrimento vivenciado nos tempos atuais pela humanidade ocorre porque as pessoas, geralmente, escolhem a maldade. Portanto, todos precisam escolher em vida entre Deus e o diabo.

Você quer uma vida nova?

Então, participe – ainda hoje – de um encontro no Templo Maior ou em uma Universal mais próxima da sua casa.

Fonte: Universal.org

2018-11-09T15:42:48+00:00