Maratona de séries na quarentena será a melhor opção?

Fonte de imagem: Universal.org

Com falta de opções para preencher o tempo em casa, muitos estão a cair na verdadeira “armadilha” que constitui ver vários episódios seguidos das suas séries favoritas

Bastou o Estado decretar quarentena que, no mundo inteiro, foram criadas várias propostas para aliciar as pessoas a tornarem-se assinantes posteriormente de determinados canais a cabo. Mas, o que poucos percebem é que essa pode ser uma grande armadilha.

O jornal The Washington Post publicou, recentemente, uma reportagem especial com vários artigos que concluem: “fazer maratonas de séries pode causar danos sérios ao organismo.” Um dos estudos, publicado no Journal of Clinical Sleep Medicine, afirma que quem passa muitas horas à frente do pequeno ecrã apresenta fadiga aumentada e insónia.

A deficiência de sono, por sua vez, está ligada a problemas cardiovasculares e até neurológicos. Para além disso, a má qualidade do sono acarreta depressão, a doença que mais leva ao suicídio.

Autocontrolo é ilusão

O pior é que as pessoas têm a tendência a acreditar que podem assistir apenas uma quantidade saudável das suas séries favoritas e depois praticar outras atividades. A verdade é que, ao fim do dia – ou da noite – ficaram apenas diante da televisão, a desperdiçar todo o seu tempo.

Em entrevista ao jornal espanhol El País, a jornalista Marta Peirano, especialista em aplicações e tecnologia, revela que isso não acontece por acaso. Serviços de streaming, como a Netflix, têm profissionais que estudam e desenvolvem maneira de manter a pessoa presa à tela. Mesmo que isso faça muito mal à sua saúde.

Aproveite bem o tempo

Quem está em quarentena já percebeu que está a sobrar algum tempo – quase sempre gasto em redes sociais ou a assistir séries. Mas, você pode aproveitar muito mais esse tempo, a fazer bem para a sua saúde mental e espiritual, ao invés de prejudicá-la.

O Bispo Edir Macedo ressaltou, durante edição do programa Palavra Amiga, que, quando todo o mundo está bem, “as pessoas estão com seus ouvidos atentos ao que o mundo oferece. Estão com os seus ouvidos atentos ao entretenimento, às notícias dos jornais, dos média em geral, à internet para ver, assistir tudo o que este mundo tem para oferecer”.

Todavia, durante esse período em que o isolamento é necessário, todos podem aproveitar o tempo para se aproximar de Deus. “Deus está a estimular as pessoas a, nestes momentos, em que elas não têm ouvidos para mais nada. Vão ouvir a quem?”, declarou ele.

Isso não significa que é “proibido” assistir televisão. Mas, é muito mais conveniente que você utilize o tempo para conhecer melhor o Evangelho e meditar sobre a Palavra de Deus. Oportunidades não faltam. Todos os dias, a própria Palavra Amiga é transmitida pelo Facebook do Bispo Edir Macedo, ao meio-dia.

A Universal também está a transmitir, ao vivo e online, todas as reuniões, em direto do Templo Maior. Você não pode estar presente, mas pode assistir da sua casa. Depois da reunião, retire-se para um lugar isolado onde você possa refletir sobre o que foi ensinado, aproveitando, também, para ler na Bíblia as mensagens transmitidas pelos bispos e pastores durante essas transmissões.

“Estes dias são os melhores dias, a melhor oportunidade para você ter um encontro com Deus”, afirmou o Bispo Macedo. “Esses dias difíceis são os dias que a gente tem a oportunidade de se aproximar mais d’Ele”.

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: Universal.org