Mais acidentes e mais mortes nas estradas nos primeiros 10 meses de 2018

Os acidentes rodoviários aumentaram entre janeiro e outubro deste ano nas estradas portuguesas,  provocando 422 mortos, de acordo com o último relatório da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

Foram  registados 109.030 acidentes, face aos 106.986 do período homólogo de 2017, 422 vítimas mortais (mais 2), 1.739 feridos graves (menos 95) e 33.742 feridos leves (menos 746).

O distrito onde ocorreram mais acidentes foi o de Lisboa (21.744), seguindo-se o do Porto (19.603), o de Braga (9.255), o de Faro (9.150), o de Aveiro (8.903) e o de Setúbal (8.849). Já o distrito onde houve mais vítimas mortais foi o de Setúbal (61), seguido do Porto (46), de Lisboa (42) e de Leiria (36).

Por vezes, entramos no carro e ligamos o motor já em piloto automático, com a cabeça cheia de problemas e de assuntos urgentes para resolver; outras vezes, alguém nos liga a meio da caminho e logo nos distrai com a sua conversa; ou seja, tudo situações em que a nossa atenção não está 100% concentrada na condução, mas sim noutras coisas, o que nos leva a cometer erros, que podem resultar em simples acidentes ou em perdas bem mais significativas que vão além do material, custando até vidas.

Realidade essa que podemos muito bem transpor para o lado mais espiritual da existência, pois, muitas vezes, também conduzimos a nossa vida distraídos com os problemas e as dificuldades do dia a dia e esquecemo-nos de cultivar a nossa relação com Deus e de buscar o mais importante, a Salvação. Semanalmente, à quarta-feira e ao domingo, a Universal oferece-lhe a oportunidade de fortalecer a sua ligação a Deus e de buscar a sua salvação.

Conheça a Universal mais perto de si.

2018-11-09T15:29:56+00:00