IURD responde, mais uma vez, a apelo para colmatar escassez de sangue

Cerca de uma centena de pessoas marcaram presença no Templo Maior, em Lisboa, para doar do seu sangue a quem mais precisava

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) não ficou indiferente às notícias recentemente veiculadas de que as reservas do banco de sangue têm vindo a sofrer uma redução alucinante, tendo respondido ao apelo de angariação de sangue de forma surpreendente.

Enquanto algumas apresentaram-se como dadoras frequentes, para outras seria uma estreia estando, no entanto, também preparadas para fazer a sua primeira doação de sangue, já que a mesma seria com um único intuito apenas: salvar vidas.

Para Sandra Perpétuo, uma das organizadoras desta iniciativa, a IURD mostra-se sempre disponível para atender aos apelos desta índole.

“Trata-se de uma iniciativa que, normalmente, é planeada, mas devido à urgência que costuma existir no mês de agosto e à recém publicada escassez de alguns tipos de sangue, então, a IURD, mais uma vez, juntou-se ao Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST) para que possamos tentar colmatar esta falta.

A IURD está sempre disponível para colaborar neste tipo de iniciativa e a qualquer outro tipo de iniciativa que vai ao encontro das necessidades da população. Ainda existe na mente de muitas pessoas o receio de fazer esta dádiva, sendo que muitos comparecem nas nossas instalações para o fazer pela primeira vez. Com isto, queremos ajudar a anular tabus e medos, sendo que muitos, a partir do momento que tomam consciência de que estão a salvar vidas, nunca mais param de o fazer, ou seja, trata-se de uma experiência positiva. Estamos a praticar o amor ao próximo, seguros do que o bem que fazemos pelos outros voltará sempre para nós. A estimativa para hoje é de que compareçam cerca de 80 pessoas, mas sabemos que quando se trata de ajudar os números sempre excedem as expectativas!”, afirmou.

Qualquer tipo de receio desvaneceu naquele momento, tendo o desejo de doar unificado a massa humana presente. Este ato ficará marcado na vida não apenas na vida de quem deu, mas sobretudo na de quem irá receber, pois este simples gesto fará, com certeza, toda a diferença!

Galeria de Fotos