“Famílias sem fome”

Projeto da Igreja Universal do Reino de Deus doou, desde o início da pandemia, mais de 700 Toneladas de alimentos.  Até ao final do mês de julho deste ano, já tinham sido beneficiadas cerca de 36 mil famílias.

A pandemia colocou “no aperto” muitas  famílias portuguesas. De acordo com o novo Barómetro da Decoproteste  “duas em três famílias portuguesas enfrentam dificuldades para suportar os custos inerentes ao dia-a-dia, estando o corte significativo do rendimento na base destas dificuldades”(*). Facto é que desde o início da pandemia que os pedidos de ajuda alimentar por parte das famílias aumentaram, ao mesmo tempo em que se registou uma alteração do padrão social de quem beneficia de apoio, isto é, muitas famílias eram completamente entranhas á situação de não ter o que colocar na mesa.

É neste contexto, de faculdade geral, que a igreja Universal do Reino de Deus, através do UniSocial, lançou o “Famílias sem Fome”, projeto que apoia não só as famílias, como também pessoas em condições mais críticas (sem-abrigo, por exemplo), com cestas básicas, kits de higiene, roupas, e acima de tudo, palavras de fé para enfrentar os tempos difíceis.

Em 2020 foram doados 54 120 kits de higiene pessoal, 23 648 cestas básicas e 1 250 peças de roupa. Já em 2021, pelo menos até ao final do mês de julho, o relatório dá conta de  4 070 kits de higiene, 14 795 cestas básicas e 7 133 peças de roupa. O total de alimentos doados neste período está acima das 700 toneladas.  Só em 2020,  21 200 famílias foram beneficiadas. Este ano, o trabalho já alcançou perto de 15 mil famílias.

Na maior parte das vezes as famílias são cadastradas depois do pedido de apoio, e recebem alguns dias depois os alimentos. Noutras, são beneficiadas através de ações espontâneas do grupo.  A motivação dos voluntários o é o amor ao próximo. Desde o início da pandemia, este amor tornou possível ajudar mais de 35 mil famílias em todo Portugal Continental e Ilhas.

(*) Fonte: decoproteste.pt