Faltou um nome na genealogia

E Salmom gerou, de Raabe, a Boaz;
e Boaz gerou de Rute a Obede; e Obede gerou a Jessé;
E Jessé gerou ao rei Davi; e o rei Davi gerou a Salomão da que foi mulher de Urias.
Mateus 1.5,6

Que honra ter o nome incluído na genealogia do Senhor Jesus.
Um privilégio de poucos. Porém, se prestarmos atenção, veremos que falta um nome, o de Bate-Seba, filha de Eliã, mãe de Salomão.

O nome de Urias, o seu marido que morreu, foi mencionado, mas o nome de Bate-Seba não. Ela até fez parte da genealogia, mas não teve o seu nome escrito nela.

Da mesma forma, muitos até fizeram parte da formação de Cristo na vida de milhares de pessoas que foram salvas, mas eles mesmos não tiveram os seus próprios nomes escritos no Livro da Vida.

São esses que, literalmente, sacrificaram anos da própria vida. Abandonaram os seus sonhos, os seus projetos pessoais e se deixaram incluir no Projeto de Deus, na Sua Obra de salvação.

A exemplo do apóstolo Paulo, sentiram as dores de parto de dia e de noite, até que Cristo fosse formado nos salvos (Gálatas 4.19), mas infelizmente, por várias razões que não justificam, não tiveram os seus nomes escritos no Livro da Vida. Ou seja, até salvaram, mas eles mesmos não foram salvos.

Nesse momento, graças ao Espírito Santo, nos lembramos mais uma vez das Palavras do Senhor Jesus:

Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Mateus 16.26

Nunca podemos esquecer que aquele que foi salvo, foi salvo para salvar e se manter salvo até o fim.

Colaborou: Bispo Djalma Bezerra