Elias, o perturbador de Israel

E sucedeu que, vendo Acabe a Elias, disse-lhe: És tu o perturbador de Israel? 1 Reis 18.17

Quem carrega consigo a FÉ sacrificial, é visto pelo mundo como perturbador. Porque, de fato, não há nada que perturbe mais o diabo que o sacrifício.

Elias trouxe a solução para toda miséria que o povo vivia, através de um desafio que perturbou Acabe e todos os profetas de Baal.

Quando a nossa fé é DESAFIADA no ALTAR, a nossa carne é perturbada. O Senhor Jesus foi um exemplo disso, quando disse:

A Minha alma está extremamente triste até à morte… Marcos 14.34

O diabo é ainda mais perturbado com o verdadeiro sacrifício, e daí usa coisas e pessoas para tentar impedi-lo.

Mas vemos que diante disso Elias não se intimidou, pelo contrário, ele seguiu perturbando os profetas de Baal, pela convicção que tinha da sua própria fé:

E sucedeu que ao meio-dia Elias zombava deles e dizia: Clamai em altas vozes, porque ele é um deus; pode ser que esteja falando, ou que tenha alguma coisa que fazer, ou que intente alguma viagem; talvez esteja dormindo, e despertará. 1 Reis 18.27

Quem tem essa certeza, que vem do Espírito Santo, não se intimida, enfrenta os seus desafios e prova quem é o VERDADEIRO DEUS!

Quando JESUS chegou à província dos gadarenos, os demônios que estavam em dois homens disseram:

Que temos nós Contigo, ó Filho de Deus? Vieste aqui para nos ATORMENTAR antes do devido tempo? Mateus 8.29

A Universal sempre levou consigo essa determinação, onde chegamos, por causa da nossa FÉ SACRIFICIAL, perturbamos o diabo e aqueles que são usados por ele.

Jesus sempre perturbou os religiosos, escribas e fariseus que não viviam essa FÉ SACRIFICIAL.

A pergunta é: VOCÊ TEM PERTURBADO O DIABO POR CAUSA DA SUA FÉ OU TEM SIDO PERTURBADO POR ELE?!

Colaborou: Bispo Clodomir Santos

Fonte: Bispo Macedo

 

 

Dois tipos de Fé

Quando conhecemos a Fé, aprendemos a usá-la para conquistas e transformações!
- Bispo Edir Macedo

2018-12-03T09:23:22+00:00
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Aceitar