Domingo de Páscoa

Dia 21 de abril é um dia de celebração… sim, de celebração. Porém, ao contrário do que muitos pensam, não é uma celebração feita com chocolate em forma de ovos, coelhos ou amêndoas… 

A Páscoa é a celebração da morte e ressurreição de Jesus, o mais importante acontecimento para todos os cristãos. É celebrada todos os anos, num domingo, pois foi a este dia da semana que o Senhor ressuscitou.

“Páscoa” vem da palavra hebraica pesach e significa “passagem”. Para os cristãos é a passagem de Jesus da morte para a vida, trazendo a Salvação para todos os que n’Ele crêem (João 5.24).

Quando morreu e ressuscitou, o Senhor Jesus pagou o preço do pecado, dando-nos uma nova oportunidade para ter um relacionamento pessoal com Deus, esse foi o grande objetivo d’Ele, ao vir à terra.

A Páscoa tem sido celebrada pelos seguidores de Jesus desde muito cedo na sua História e hoje, pessoas de todo o mundo juntam-se para comemorar essa grande vitória, que mudou as suas vidas.

A Páscoa judaica

Os judeus também têm uma festa chamada Páscoa, que é bem mais antiga. Como podemos ler em Êxodo 12, quando Deus tirou o povo hebreu do Egito, enviou primeiro um anjo para matar o filho mais velho de todas as famílias egípcias. Para evitar a praga, Deus mandou os judeus matar um cordeiro por família, em lugar do filho mais velho, e pôr o sangue à volta da porta de casa. Assim, o anjo passou, mas não matou os filhos dos hebreus. Nessa noite saíram do Egito. Então, na festa judaica da Páscoa, a “passagem” significa a passagem do anjo da morte.

Depois que saíram do Egito, os judeus passaram a celebrar esse dia de libertação todos os anos, comendo cordeiro e pães sem fermento (Números 9.2-3). Foi na altura da Páscoa judaica que Jesus foi crucificado. Para o crente, Jesus é o nosso cordeiro que morreu no nosso lugar para que possamos ter a vida eterna com Deus (João 3.16).

O que significa a Páscoa hoje em dia?

“Mas o anjo, dirigindo-se às mulheres, disse: Não temais; porque sei que buscais Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito.” (Mateus 28.5-6)

A Páscoa significa que o Senhor Jesus morreu, ressuscitou, MAS CONTINUA VIVO… e o que produz isso, na prática, nas nossas vidas? Que qualquer pessoa também tem a oportunidade de reviver, ou seja, se a sua vida tem sido marcada por problemas, dúvidas, medos e deceções; se você pensou até em acabar com tudo; não tem qualquer perspetiva de futuro; entregou-se aos vícios; não consegue ver mais nenhuma saída para o seu filho que vive no mundo das drogas, para o seu marido que a trai constantemente, para a doença que o médico disse não existir cura…

Então, lembre-se não só nesta época pascal, MAS SEMPRE, que o Senhor Jesus Se levantou dentre os mortos, ressuscitou e venceu a morte para nos dar a vida! Chegou o momento de você se voltar a erguer e de lutar para conquistar a vida que Deus deseja para si!