Como recuperar a confiança nas pessoas

Todos nós, em algum momento, vivenciamos a amarga experiência de perceber que fomos enganados por uma ou mais pessoas.

Mas, por que somos traídos? Porque acreditamos nas pessoas. Entretanto, seria correto deixar de conviver, de confiar e de apostar no ser humano, exclusivamente porque alguns erram?

Nos tornarmos céticos e desconfiados de todos, por causa de uma decepção, é a atitude mais tola que podemos ter. Quem vive num mundo cercado de gente, quem trabalha todos os dias com pessoas não tem outra opção, senão crer na mudança e na boa intenção do ser humano. Se não fizermos assim, passaremos uma peneira tão fina de exigências nos nossos relacionamentos que não passará ninguém por ela. Ou seja, quando colocamos critérios inatingíveis, até mesmo por nós, ficaremos sós, pois fecharemos a porta para o novo.

Eu sei que agora surgem perguntas como: “E quanto às experiências ruins do passado?”, “ E quanto àquele que me decepcionou, me traiu e me enganou?”. Saiba que o problema de quem age desta maneira é com Deus e com a sua própria consciência. Não precisamos tomar a posição de juiz no Corpo de Cristo (na Igreja), nem na família ou em nenhum outro lugar.

Quando se possui o entendimento de que há um Justo Juiz assentado no Seu trono, há a convicção de que Ele vê todas as coisas para retribuir retamente a cada um por suas ações. Portanto, compreende-se que o problema dos que optam pelo mal não é resolvido na esfera humana, mas na espiritual, controlada pelo Céu, que controla a Terra, enfim, controla tudo, e ninguém está acima desta realidade.

Siga em frente acreditando nas pessoas, dando oportunidades, criando novos laços, porque nem todos são ruins, nem todos são falsos, nem todos possuem mau-caráter.

Até a próxima semana!

O “upgrade” da mente

Sempre tomamos boas decisões quando elas são fundamentadas nos conselhos que recebemos da Palavra de Deus...
- Núbia Siqueira

Fake news sobre a mulher

Não foram poucos os momentos que me vi frustrada sendo o melhor que eu podia ser, mas aquilo era insuficiente.
- Núbia Siqueira

O Salmo 23 na minha vida

Davi, o autor do Salmo 23, tinha experiência no cuidado com rebanhos, pois, desde muito jovem, cuidava das ovelhas do seu pai.
- Núbia Siqueira