Como lidar com as críticas no casamento

Pesquisadores e especialistas em relacionamentos são unânimes em dizer: críticas em excesso é um dos principais causadores de conflitos entre casais, podendo inclusive levar ao divórcio.

Infelizmente, criticar o outro é um erro muito comum entre os casais. Quando um dos cônjuges ou ambos só consegue enxergar os defeitos do parceiro e raramente, ou nunca, reconhece seus esforços e acertos, gera nele um sentimento de frustração muito grande.

De acordo com as terapeutas Denise Miranda de Figueiredo e Marina Simas Lima, do Instituto do Casal, esse tipo de comportamento dá brechas para o surgimento de outros problemas, uma vez que o outro pode se sentir rejeitado e magoado. “Além disso, pode virar um padrão de comportamento que irá se tornar tóxico para a relação com o passar do tempo”, afirmam.

O problema é que em muitos casos essa atitude frequente de criticar e atacar o parceiro já entrou no modo automático, virou um hábito e a pessoa não se dá conta, por isso, mesmo sem intenção, acaba ferindo o outro.

“Quem critica enfraquece o poder de realização do outro, impedindo sua colaboração, seu desenvolvimento e, claro, afeta a harmonia do relacionamento”, destaca Marina.

Se você tem sofrido com as críticas no seu casamento e não tem sabido lidar com elas, veja algumas dicas das especialistas:

Aceitar Aceite as diferenças entre vocês. Amar é aceitar o outro como ele é, com seus defeitos e qualidades.

Resolver seus próprios conflitos: Procure se autoavaliar e entender por que age dessa maneira com o seu parceiro. Veja se seu comportamento não está relacionado a outro problema entre vocês ou com a sua criação.

Assumir a responsabilidade: Num casamento os dois são responsáveis por construir uma relação saudável, portanto, se existe um problema, cabe a ambos encontrar a solução.

Perdoe: Não perca tempo guardando mágoas e ressentimento que só servem para distanciar ainda mais o casal. Pratique o perdão.

Mude o hábito: Se criticar o seu marido ou esposa já se tornou um hábito, mude de hábito. Todas as vezes que vier a vontade de fazer uma crítica, faça um elogio. Treine isso diariamente.

Seja grato (a): Pratique a gratidão. Agradeça os pequenos gestos de generosidade, solidariedade, companheirismo e afeto do seu parceiro. Agradeça sempre.

“No dia a dia já recebemos críticas demais, portanto ninguém quer chegar em casa e ser criticado. Lembre-se: para haver mudanças não basta boas intenções, é preciso haver ação, investimento e isso se torna um hábito”, encerram Marina e Denise.

Procure entender

Para  Renato Cardoso, apresentador do programa “The Love School – A Escola do Amor”, transmitido aos sábados pela Record TV, quando algo não nos agrada num relacionamento, tendemos a reclamar, criticar, cobrar ou fechar a cara. E a primeira reação quando somos atacados é contra-atacar.

Porém, é muito mais eficaz procurar entender o outro, entender a situação, pensar numa solução e tomar uma atitude consciente a respeito.

Para aqueles que gostam de fazer críticas, o apresentador dá uma dica:

“É muito estressante quando seu parceiro ou parceira está desabafando com você, expressando o que pensa e você logo interrompe para fazer uma crítica ou dar sua opinião. Em vez de dar conselho, fingir que não ouviu ou perder a paciência com a pessoa amada, aproveite o momento para ser romântico: olhe nos olhos dela, segure a sua mão, e diga: ‘eu lhe entendo’, ‘eu sei como você se sente’. Essas palavras funcionam como mágica. Experimente usá-las mais vezes”, aconselha o apresentador.

Fonte: Universal

Artigos Relacionados

Terapia do Amor

The Love School

Casamento Blindado

Namoro Blindado

2018-09-06T10:40:06+00:00