Cavalheirismo onde andas?

Abrir a porta do restaurante, “primeiro as senhoras”, oferecer um assento no autocarro, “por favor… muito obrigado”. Parece um filme a preto e branco de uma realidade longínqua. A verdade é que o cavalheirismo tem sido cada vez menos praticado pela sociedade, mas será que simplesmente se extinguiu ou terá sofrido mutações impostas pela modernidade?

Podemos definir o cavalheirismo por distinção de boas maneiras e comportamento; atos que demonstram generosidade e nobreza de sentimentos. De um forma prática o cavalheiro é o homem que através de sua educação, gentileza e comunicação faz o próximo se sentir importante. Muitos acham que o cavalheirismo se perdeu totalmente. Uns culpam o desrespeito abundante pelo próximo independentemente do género. Alguns grupos feministas consideram que as atitudes cavalheiras do homem denigrem a mulher, isto porque atitudes cavalheiras podem ser vistas como paternalistas e condescendentes com o sexo feminino, como se se tratasse de superior para inferior.

No entanto, há quem busque preservar esses valores, que durante tanto tempo foram apreciados, adaptando-os à sociedade moderna. Podemos dizer que, hoje em dia, o cavalheirismo não depende exclusivamente de atitudes do homem para com a mulher mas do homem para com qualquer ser humano.

Confira 5 atitudes de um verdadeiro cavalheiro e que nunca passam de moda:

1. Zelo pela sua aparência

O verdadeiro cavalheiro não descuida da sua higiene e asseio com a roupa e cabelo, seja uma
roupa desportiva ou executiva, num passeio em familia ou no trabalho.

2. Nunca insultar ou maltratar alguém (principalmente em publico)
Não quer dizer que o cavalheiro concorde com tudo ou não se irrite com alguma situação, mas o
verdadeiro cavalheiro não exorta para humilhar ninguém e por isso prefere faze-lo em particular
de forma moderada.

3. Ser educado sempre
“Por favor”, “Obrigado”, “com licença” faz parte do seu vocabulário diariamente. Mas a educação
vai alem das palavras. Ter um comportamento educado inclui o saber ouvir, e respeitar opiniões
diferentes.

4. Comprometimento com a sua palavra
A palavra de um cavalheiro é divida. Por isso ele tem muito cuidado antes de se comprometer
com alguém.

5. Ser generoso
Ajudar o próximo se está ao alcance faze-lo é uma das atitudes nobre do cavalheiro, e isso vai desde ajudar alguém a conseguir um emprego a ajudar a levantar a mesa depois da refeição. Como é sabido: A educação cabe em todo o lugar, e no lar de uma família feliz não é excepção. Os benefícios da prática da boa educação e gentileza entre os membros familiares são imensos.

No caso do homem vão desde harmonizar o convivio, cultivar o respeito de pai, a melhorar o relacionamento conjugal.

«Eis que és gentil e agradável, ó amado meu; o nosso leito é viçoso.» Cantares 1:16 ARC

A Terapia do Amor promove de forma prática os bons valores. Muitas pessoas sofrem na vida sentimental /familiar por consequência de atitudes egoístas e impensadas. Quando o rumo da vida de uma pessoa não está como ela quer, Mudar a forma de pensar, sentir e agir é primordial para iniciar essa virada. As orações na Terapia do Amor têm ajudado a pessoa a conseguir o que sozinha tem sido impossível mudar.

Todas as quintas-feiras acontece a Terapia do Amor

Uma palestra que ajuda casais e solteiros a praticarem o amor inteligente.

Artigos Relacionados

Terapia do Amor

The Love School

Casamento Blindado

Namoro Blindado

2021-01-29T13:34:24+00:00
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Aceitar