Braços e pés da fé

Fonte de Imagem: Universal.org

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Porque o SENHOR, vosso Deus, fez secar as águas do Jordão diante de vós, até que passásseis, como o SENHOR, vosso Deus, fez ao mar Vermelho, ao qual secou perante nós, até que passamos. Para que todos os povos da terra conheçam que a mão do SENHOR é forte, a fim de que temais ao SENHOR, vosso Deus, todos os dias.” (Josué 4.23,24)

Quando Moisés ergueu a vara, o vento começou a soprar e dividiu as águas do Mar Vermelho. Israel atravessou aquele Mar a pé enxuto; mas, ao baixar a vara, as águas voltaram ao lugar e afogaram o exército egípcio (Êxodo 14.16-30). Isso definiu o livramento de Israel da escravidão egípcia.

Na travessia do Rio Jordão, não foram os braços da fé de Josué que operaram o milagre, mas seus pés obedientes juntamente com os de Israel. Nessa travessia, Israel tomou posse da Terra Prometida. Significa dizer que não basta o cristão ficar livre da escravidão do pecado; é preciso deixar o deserto da miséria e avançar na posse da sua Terra Prometida.

É preciso dar passos de fé em qualquer conquista. A Terra Prometida trata de todas as promessas feitas pelo SENHOR na Sua Palavra; sobretudo a posse da Vida Eterna. Os passos da fé exigem que se molhem os pés para avançar. Os passos da fé exigem sacrifícios. Sacrifícios de obediência à Palavra de Deus.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: Universal.org