Abra os olhos

Fonte de Imagem: Universal.org

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Ergue-te, levanta o rapaz, segura-o pela mão, porque Eu farei dele um grande povo. Abrindo-lhe Deus os olhos, viu ela um poço de água, e, indo a ele, encheu de água o odre, e deu de beber ao rapaz.” (Gênesis 21.18,19)

Note que a Palavra não diz que Deus criou um poço no deserto. Diz que Deus abriu os olhos de Agar. Isto é o poço já estava lá. Ele estava lá o tempo todo. A solução para os problemas de Agar estava diante de seus olhos, mas enquanto ela ficou olhando para sua situação, para suas condições, pensando em seus problemas, não conseguiu ver o poço.

É o que acontece com quem fixa a atenção no problema. Torna-se cego, pois não usa a sua fé. Olha com os olhos naturais e, por causa da ansiedade, nem o que é natural consegue ver. Não enxerga um palmo adiante do nariz, por isso, se desespera. Os olhos que você deve usar são os olhos da fé. Deus conhece a sua situação e conhece o caminho para tirá-lo do deserto. Sabe de que você necessita. Quem anda pelos olhos da fé, confia nEle. Entrega a Ele o seu caminho e obedece às instruções de seu Senhor.

Assim, é capaz de raciocinar claramente, mesmo nas piores tempestades. É capaz de ver o que antes não podia ver. Sabe que, se Deus prometeu cuidar, Ele vai cuidar. Não se desespera, não se descontrola. Em vez de se desesperar, olha ao redor e procura o poço, pois sabe que a solução existe. Sabe que pode contar com Deus. Crê no que está escrito. Aprende a usar a sua fé e, porque crê, consegue ver o que está diante de seus olhos.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: Universal.org