A quem você tem servido?

Que a nossa vida é o resultado das nossas escolhas faz parte do senso comum, mas que a quem priorizamos na nossa vida decidirá o rumo que a mesma seguirá nem todos têm noção disso

“A nossa vida é o resultado do senhor a quem temos servido. Então, se servimos ao Senhor Jesus e a outra coisa, temos de saber que Deus não aceita ninguém dividido. E quem não se dedica 100% a Jesus não pode servir a Deus”, começou por explicar o Bispo Domingos Siqueira a todos os presentes no passado domingo, pelas 9h30, no Templo Maior em Lisboa. Afinal, tudo o que colocamos em primeiro lugar na nossa vida é o nosso senhor e aí Deus não pode cuidar de nós, pois Ele só é responsável por aqueles que O servem.

“Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de todo a tua alma, e todo o teu pensamento” (Mateus 23.34)

Fé dividida

Citando a Palavra de Deus, mais precisamente o livro de 1 Samuel, 7.2-3, o orador falou sobre o facto de o povo de Israel ter sofrido ao longo dos anos duras derrotas perante os seus inimigos e de nunca ter conseguido vencer os filisteus, o que o levou a lamentar-se diante de Deus e do profeta. Mas o problema do povo de Israel é que, ao mesmo tempo, que seguia a Deus também prestava culto aos ídolos. Por causa da sua fé estar dividida é que vinham os fracassos e foi isso que Samuel lhes disse, aconselhando-o a tirar do seu meio as imagens dos ídolos e a converter-se a Deus, servindo-O apenas a Ele, pois só assim Ele o livraria dos seus inimigos.

Manifestação da fé

“Quando há algo que desagrada a Deus, o jejum não funciona e as orações também não, por isso, a  vida da pessoa não muda. Havia algo que precisa mudar e o povo de Israel fez isso (1Sm 7.4-6). Mas os inimigos continuavam. Então, o que faltava agora para vencer os inimigos? A manifestação da fé porque, agora, tinha de haver disposição para sacrificar para Deus, para servi-Lo”, explicou o Bispo. E Samuel entendia que aquela situação do povo de Israel precisava de uma atitude de fé (1Sm 7.7-9).

Afinal, em todos os milagres que Jesus realizava era preciso a participação da própria pessoa que buscava o milagre. O milagre era o resultado da fé daquele que estava a sofrer. Por isso, Jesus dizia: “A tua fé te salvou” (Marcos 5.34).

Nunca Mais!

Finalmente, os inimigos do povo de Israel foram derrotados e nunca mais voltaram (1Sm 10-13). “Todos têm um problemas que querem ver derrotado e que nunca mais volte à sua vida. Venha no dia 17 de março participar no clamor por aquele problema que você Nunca Mais quer ver na sua vida!, exortou, por fim, o orador.

Galeria de Fotos

2019-02-26T09:22:10+01:00
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Aceitar