A FORÇA que quebra todos os limites!

A reunião de domingo, às 9h30, especial na Universal por se tratar do “Dia do Senhor”, tem sempre na sua base um propósito especial dedicado à família

Após a oração inicial, onde o Bispo Domingos Siqueira intercedeu por todos os que se encontravam a padecer de qualquer tipo de enfermidade, dando maior ênfase sobre a depressão, o denominado mal do século, que tantas vítimas tem vindo a fazer nos últimos anos.

Flora foi uma dos milhões de seres humanos afetados pela doença que começa na alma, mas que acaba por afetar também o corpo e o espírito. Embora não consiga precisar ao certo de quando começou a sofrer de depressão, Flora sente que desde sempre teve a doença na sua vida. Tendo crescido num lar destruído, onde o pai era alcoólatra, não tardou muito a que a mãe de Flora se cansasse e pediu a separação.

“Depois de se separar, ela não ficou muito tempo sozinha e encontrou outro companheiro. Desde tenra idade que comecei a sofrer abusos por parte do meu padrasto. Começaram por volta dos 5, 6 anos e duraram até aos 12. Desde cedo, ele disse para não contar a ninguém e por isso mantive o silêncio. Depois, veio a vergonha e o medo. Sentia-me oprimida… e tudo isso afetou a minha autoestima, levando-me a questionar até a própria vida. Achava que tudo era minha culpa, era um fardo muito pesado.” Este facto agravou-se mais ainda quando a sua mãe descobriu e achou que Flora deveria ter parte da culpa. A discussão entre ambas foi inevitável e, em seguida, veio a tentiva do suicídio, a primeira, aos 12 anos. Foi aos 20 anos que Flora voltou a tentar tirar a vida, mas acabou por ser salva a tempo.

Complexos, desilusões e traições fizeram parte da vida da jovem, tendo a depressão assim entrado e permanecido, até que conheceu a Universal, através de um convite. O alívio passou a fazer parte da sua realidade e Flora encontrou ali o seu refúgio. “Havia uma necessidade de ir constantemente e, mediante o uso da fé, fui curada da depressão e encontrei a paz interior. Depois disso, fui batizada com o Espírito Santo e foi aí que tudo mudou: os meus pensamentos, a minha maneira de ser, o meu interior por completo. Hoje, sou uma nova criatura!”, resume a jovem.

A seguir ao relato de Flora, o Bispo Siqueira realizou uma oração em favor da libertação da vida de todos ali presentes, assim como das vidas dos seus familiares, tanto a nível físico, como psicológico.

Como forma de exemplificar a atuação da fé, o orador explicou que existem inúmeras pessoas que, mesmo tendo conhecimento da Palavra de Deus, à partida, se autolimitam, o que se traduz na sua incapacidade de vencerem na vida. Em oposição a determinadas pessoas, por quem ninguém dava nada, mas, por acreditarem em si mesmas, por pensarem diferente, acabaram por derrubar as barreiras  que se colocaram no seu caminho e conquistaram.

A Bíblia menciona um episódio no livro de 2 Reis, capítulo 4, que revela a dimensão da fé de uma mulher que tinha perdido o marido e arriscava perder os dois filhos para a escravidão para saldar as dívidas que tinha. Ela recorreu ao profeta Eliseu clamando por ajuda, mas este resolveu o problema dela dizendo-lhe o que deveria fazer com o que já tinha, pois para a fé não existem limites. Aqui ficou provado que o que resolve os problemas é a fé e é quando a pessoa efetivamente se lança nesta crença que todos os limites são quebrados.

Galeria de Fotos

2019-02-05T10:48:41+01:00
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Aceitar