A cada dez divórcios, um é culpa dos parentes

Esse é o dado de uma pesquisa feita no Reino Unido. Dentre dez divórcios, um é justificado pela intervenção dos parentes no relacionamento. Sabemos que é errado a pessoa priorizar algum parente acima do cônjuge, e que certos comentários e opiniões de terceiros podem prejudicar o casamento. Mas e quando se trata da ajuda que os mais experientes podem prestar ao novo casal? Será que devem ser completamente ignorados, à luz daquela famosa frase: “em briga de marido e mulher, não se mete a colher”?

Se algum parente seu ou do seu cônjuge tem interferido no relacionamento de vocês, ouça o áudio acima (13 mins) para conferir a dica que pode mudar essa situação de uma vez por todas.