A boa parte

Fonte de Imagem: Universal.org

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Tinha ela uma irmã, chamada Maria, e esta quedava-se assentada aos pés do Senhor a ouvir-Lhe os ensinamentos. Marta agitava-se de um lado para outro, ocupada em muitos serviços. Então, se aproximou de Jesus e disse: Senhor, não te importas de que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha ajudar-me. Respondeu-lhe o Senhor: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. Entretanto, pouco é necessário ou mesmo uma só coisa; Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada.” (Lucas 10.39-42)

O Senhor Jesus não deu a menor bola para o estresse de Marta. Ignorou o fato de que ela estava fazendo as coisas da casa para servi-Lo. Entre ouvir os ensinamentos e servir a Ele com suas obras, ela escolheu as obras. Queria agradá-Lo. Queria ser reconhecida por aquilo que estava fazendo.

Sua irmã, Maria, se esqueceu de todo o resto. Só queria ouvi-Lo e aprender Seus ensinamentos. Ela queria aprender. Queria ser quem Ele queria que ela se tornasse. E foi justamente ela quem O agradou, pois queria o que Ele queria.

Ele queria ensinar. Queria levar as pessoas ao Reino de Deus. Queria mudar seus pensamentos. Ela queria aprender. Queria entrar no Reino de Deus. Queria mudar seus pensamentos. Pouco é necessário. Ou mesmo uma só coisa: ouvir Seus ensinamentos. Praticando a Palavra de Deus, será possível realizar todo o resto. Para que a inquietação? Para que a preocupação? A quem escolher a boa parte, esta jamais lhe será tirada.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: Universal.org