10 razões para participar da Terapia do Amor

Talvez, você não saiba mas existem muitas razões para participar da Terapia do Amor. E, surpreendentemente, arrumar um namorado ou namorada não é o foco desse encontro.

Digamos que arrumar alguém seja apenas uma das consequências para aqueles que estão sozinhos, mas não é e não deve ser o objetivo principal dessa reunião.

Embora existam muito mais motivos para se frequentar as reuniões da Terapia do Amor, citaremos apenas 10 deles, para que você avalie e veja o bem que fará a si mesmo participando das palestras:

1 – Se curar das feridas de relacionamentos passados;

2 – Aprender o amor inteligente;

3 – Se preparar antes de namorar;

4 – Saber escolher alguém compatível;

5 – Desbancar os mitos dos relacionamentos;

6 – Reconquistar um amor perdido;

7 – Aprender a se valorizar;

8 – Restaurar um casamento em crise;

9 – Se tornar um marido/esposa melhor;

10 -Blindar seu relacionamento.

É fato que para ser feliz na vida amorosa é preciso muito mais que simplesmente ter alguém ao lado, do contrário não existiriam tantas pessoas frustradas e infelizes no amor mesmo estando em um relacionamento.

Requisitos básicos para ser feliz na vida amorosa

Antes de tudo é preciso amar a si mesmo, cuidar do seu interior, estar bem resolvido, em paz e feliz consigo mesmo para, então, fazer parte da felicidade de outro alguém. Sim, porque esses são requisitos indispensável para construir uma relação feliz e duradoura.

Daí a importância de participar da Terapia do Amor. Uma vez que mais importante do que encontrar alguém especial é estar preparado quando esse alguém aparecer.

Portanto, pare de arrumar desculpas e venha fazer o que é de responsabilidade sua: investir em si mesmo.

A Terapia do amor acontece todas as quintas-feiras no Templo Maior e em outras localidades.

Fonte: Universal

Artigos Relacionados

Ler Mais Artigos

Terapia do Amor

The Love School

Casamento Blindado

Namoro Blindado

2019-01-02T15:44:27+00:00
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Aceitar